10:43 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Mundo e COVID-19 no final de agosto (52)
    1215
    Nos siga no

    Um componente encontrado em um inseticida poderia eliminar a cepa do coronavírus que causa a COVID-19, segundo pesquisa do Laboratório de Ciência e Tecnologia de Defesa do Reino Unido.

    Após as descobertas preliminares, o Exército britânico recebeu o inseticida que contém um produto chamado Citriodiol, que supostamente poderia ser a solução contra a COVID-19, fornecendo uma proteção extra, revelou o portal Sky News.

    Teste e produção de vacina contra o SARS-CoV-2 no laboratório do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, Moscou, Rússia
    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Teste e produção de vacina contra o SARS-CoV-2 em laboratório russo

    O componente é conhecido por eliminar outros tipos de coronavírus, e foi testado pelos cientistas para comprovar sua eficácia contra a COVID-19. A empresa responsável pela produção do Citriodiol acredita que o componente possa de fato oferecer uma proteção extra na luta contra o novo coronavírus.

    "O que podemos dizer é que sentimos haver uma boa chance de funcionar contra o vírus, mas é preciso que seja testado cuidadosamente", afirmou Jacqueline Watson, diretora da Citrefine International.

    A diretora também ressalta que o inseticida não é a solução para o problema, mas, sim, uma camada extra para tentar conter o vírus.

    Tema:
    Mundo e COVID-19 no final de agosto (52)

    Mais:

    Bielorrússia será 1° país a importar vacina russa contra COVID-19
    Vacina russa contra COVID-19: quais estados brasileiros estão interessados e quando teremos testes?
    Deputada federal Carla Zambelli é internada após ser diagnosticada com COVID-19
    Tags:
    estudos, estudo, vírus, veneno, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar