06:26 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    A NASA está monitorando uma estranha anomalia no campo magnético da Terra, que poderia provocar grandes problemas caso interfira no funcionamento dos satélites.

    O campo magnético terrestre atua como um escudo protetor em torno do planeta, repelindo e captando as partículas carregadas provenientes do Sol.

    Porém, sobre a América do Sul e região Sul do oceano Atlântico há uma área do campo magnético extremamente debilitada, chamada Anomalia do Atlântico Sul (SAA, na sigla em inglês), permitindo que estas partículas cheguem mais próximo da superfície terrestre.

    A radiação das partículas solares nesta região pode interromper o funcionamento dos equipamentos dos satélites e interferir no fornecimento de dados. Esta anomalia, comparada pela NASA com um "buraco no espaço", no momento não tem um impacto visível na vida na Terra.

    Campo magnético da Terra
    © Foto / NASA
    Campo magnético da Terra

    No entanto, observações e prognósticos recentes mostram que esta área do campo magnético está se expandindo para oeste e ficando mais débil.

    A SAA é provocada por duas características do núcleo da Terra: a inclinação de seu eixo magnético e o fluxo de metais fundidos dentro de seu núcleo exterior.

    À medida que o movimento do núcleo muda, o campo magnético também flutua no espaço e no tempo. Estes processos dinâmicos no núcleo se estendem até o campo magnético que rodeia o nosso planeta, criando esta perturbação e outras características em torno da Terra.

    Com isso, os pesquisadores têm agora a oportunidade de aprofundar o conhecimento sobre o núcleo da Terra e como sua dinâmica influencia outros aspectos do sistema terrestre, ressalta a NASA.

    Ao rastrear esta anomalia no campo magnético, que evolui lentamente, os cientistas podem compreender melhor a forma como nosso planeta está mudando e ajudar a preparar um futuro mais seguro para os satélites.

    Mais:

    NASA: asteroide massivo se aproxima da Terra e é classificado como 'potencialmente perigoso'
    NASA revela detalhes de missão conjunta para desvendar mistérios de Vênus
    NASA traz à tona 'quarteto ameaçador' de asteroides com 1 deles chegando mais perto que a Lua
    Tags:
    estudo, estudos, cientistas, campo magnético, NASA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar