07:27 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    141
    Nos siga no

    O fotógrafo e especialista em céus escuros do Observatório McDonald, Stephen Hummel, captou durante tempestade elétrica no Texas, EUA, uma rara formação no céu que se parece com uma água-viva vermelha.

    Ao observar a foto é possível apreciar o fenômeno chamado espectro vermelho ou "sprite", uma descarga elétrica produzida por cima das nuvens, na mesosfera. Além disso, é possível notar a semelhança dos raios da formação com os tentáculos de uma grande água-viva vermelha.

    Ver essa foto no Instagram

    Uma publicação compartilhada por McDonald Observatory (@mcdonald_observatory) em

    Este raro fenômeno dura apenas milésimos de segundo, sendo muito difícil de ser visto a partir do chão, já que geralmente está encoberto por nuvens da tempestade.

    "Os 'sprites' geralmente aparecem aos olhos como estruturas muito curtas, escuras e cinzentas. É preciso buscá-los para detectá-los e muitas vezes não tenho certeza de que vi um até verificar as imagens da câmera para confirmar", comentou Hummel ao portal Business Insider.

    O fotógrafo observou que durante a noite na qual captou o fenômeno havia gravado quatro horas e meia de imagens antes de capturar esse espectro vermelho.

    "No geral, gravei aproximadamente 70 horas de imagens e fotografias neste ano, e capturei aproximadamente 70 'sprites' [...] Quanto mais poderosa for a tempestade e mais raios produzir, mais provável é que apareça um 'sprite'", afirmou o especialista.

    Mais:

    NASA divulga VÍDEO de pulso de luz ultravioleta no céu noturno de Marte
    NASA gravou imagem de 'templo antigo' com vida extraterrestre em Marte, afirma entusiasta de OVNIs
    NASA descobre que Sistema Solar está envolto em bolha em forma de 'croissant' (FOTO)
    Tags:
    fenômeno astronômico, descarga elétrica, tempestade magnética, cientistas, estudos, estudo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar