14:33 27 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 130
    Nos siga no

    A estrutura de madeira achada é a "única na pré-história da Península Ibérica", explicou o arqueólogo que lidera as escavações.

    Durante uma escavação no sítio arqueológico de Perdigões, arqueólogos descobriram uma estrutura para fins cerimoniais de mais de 20 metros de diâmetro da época neolítica, segundo Antonio Varela, líder do projeto de pesquisa da empresa de gestão de patrimônio Era.

    Este "Stonehenge de madeira" representa uma estrutura "única na pré-história da Península Ibérica".

    A estrutura foi construída entre os anos 2.800 a.C. e 2.600 a.C., e é constituída por vários círculos concêntricos de paliçadas e alinhamento de postes ou troncos de madeira, explicou Varela.

    O arqueólogo também ressaltou que "um possível acesso ao interior da estrutura está orientado ao solstício de verão, reforçando seu caráter cosmológico", características que foram encontradas apenas no Reino Unido e na Europa Central.

    Este tipo de orientações astronômicas está presente em outros centros cerimoniais construídos durante o mesmo período, incluindo o Stonehenge, o que demonstra a "estreita relação entre estas arquiteturas e as visões do mundo neolítico", adicionou.

    O complexo arqueológico de Perdigões tem uma cronologia de aproximadamente 1.400 anos, que vai desde o final do Neolítico Médio (3.400 a.C.) até a Idade do Bronze Inicial (2.000 a.C.), por isso, tem um papel importante na compreensão do mundo neolítico europeu, enfatizou.

    Mais:

    Descoberto no México altar pré-hispânico a deus do submundo (FOTOS)
    Fazenda viking é descoberta em meio à construção urbana na Suécia (FOTOS)
    Descoberta de ossos de 'gigante' do século III choca arqueólogos na Itália (FOTO)
    Tags:
    Portugal, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar