02:50 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de agosto (51)
    1210
    Nos siga no

    Cientistas da Universidade de São Francisco descobriram que, uma vez no corpo humano, o coronavírus SARS-CoV-2 provoca uma reação excessiva do sistema imunológico, que impede a luta contra a infecção.

    Segundo os especialistas, o organismo da pessoa infectada começa a se livrar do vírus minutos após o início da infecção.

    Contudo, o coronavírus acaba provocando uma reação imunológica muito forte, o que leva a formas graves da doença, segundo resultados de um estudo da Universidade de São Francisco, EUA, publicado pelo portal MedicalXpress.

    Além disso, a reação imunológica do organismo difere consideravelmente da que ocorre em caso de infecção por um vírus gripal.

    Embora grande parte dos sintomas sejam nos órgãos do sistema respiratório, o coronavírus SARS-CoV-2 é capaz de destruir também células de outros sistemas.

    Contudo, a penetração em células do sistema respiratório é mais fácil do que em outras partes do corpo humano.

    Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no mundo passou dos 17,6 milhões.

    Um total de 685 mil pessoas faleceu, das quais mais de 93 mil no Brasil.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de agosto (51)

    Mais:

    Governador de Mato Grosso é internado com pneumonia após ter COVID-19
    Rússia iniciará produção de sua 2ª vacina contra COVID-19 em novembro
    Fiocruz produzirá 100 milhões de doses de vacina britânica contra COVID-19
    Tags:
    doença, pandemia, COVID-19, novo coronavírus, infecção
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar