23:14 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 141
    Nos siga no

    Na segunda-feira (27), o Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito anunciou descoberta de novos artefatos arqueológicos que datam do reinado de Ramsés II e da era copta do Antigo Egito.

    Em um comunicado, o Conselho Supremo de Antiguidades informou que, durante escavações a dois quilômetros da cidade de Mênfis, foram descobertas várias estátuas e blocos de pedra.

    Durante o Império Antigo, Mênfis era a capital do Antigo Egito, continuando a ser uma importante cidade ao longo da história.

    Mostafa Waziri, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, afirmou que as estátuas são feitas de granito preto e rosa, e também de pedra calcária.

    Durante a missão, a equipe encontrou blocos de pedra que remontam à era copta, indicando que os blocos foram reciclados em épocas posteriores.

    1 / 3
    Bloco de pedra esculpido é encontrado durante escavações em Mit Rahina, no Egito
    Waziri acrescentou que o grupo de pesquisadores descobriu uma estátua do faraó Ramsés II, além de outras estátuas que representavam divindades, entre elas a deusa Sekhmet, que era considerada a protetora dos faraós guiando-os durante guerras, e a deusa Hathor, que era considerada por faraós uma mãe simbólica, escreve portal Egypt Today.

    Além disso, foi achada uma estátua de Ptah, que era considerado o deus da criação e que existia antes de todas as outras coisas.

    Mais:

    Mistério da 'múmia que grita' de mais de 3.200 anos é revelado no Egito (FOTOS)
    'Salas de oferendas' aos deuses do século IV a.C. são achadas no Egito
    Sarcófago romano com raríssimo diadema de ouro é desenterrado na Turquia (FOTOS)
    Tags:
    sítio arqueológico, artefatos, estátuas, descoberta, coptas, civilizações antigas, faraó, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar