09:11 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 150
    Nos siga no

    Um sarcófago romano que continha um diadema de ouro foi descoberto durante construção na cidade turca de Esmirna.

    Trabalhadores se depararam com um sarcófago de pedra quando estavam escavando no distrito histórico de Konak, vindo a informar sobre o achado ao Ministério da Cultura e Turismo da Turquia.

    Dentro do sarcófago romano, coberto por uma tampa de pedra, foram encontrados restos humanos, pedaços de objetos de cerâmica e fragmentos de um diadema de ouro.

    O acessório de ouro foi retirado para estudo e conservação, enquanto o sarcófago foi analisado no local da descoberta, revela portal The History Blog.

    • Diadema de ouro do período romano encontrado durante construção em Esmirna
      Diadema de ouro do período romano encontrado durante construção em Esmirna
      © Foto / Ministério da Cultura e Turismo
    • Diadema de ouro do período romano encontrado durante construção em Esmirna
      Diadema de ouro do período romano encontrado durante construção em Esmirna
      © Foto / Ministério da Cultura e Turismo
    • Construção na província de Esmirna, onde foi descoberta um diadema romano de ouro
      Construção na província de Esmirna, onde foi descoberta um diadema romano de ouro
      © Foto / Ministério da Cultura e Turismo
    • Diadema de ouro do período romano encontrado durante construção em Esmirna
      Diadema de ouro do período romano encontrado durante construção em Esmirna
      © Foto / Ministério da Cultura e Turismo
    1 / 4
    © Foto / Ministério da Cultura e Turismo
    Diadema de ouro do período romano encontrado durante construção em Esmirna
    Ainda não foi usada datação por radiocarbono, mas arqueólogos acreditam que o objeto e os restos humanos remontam ao século II d.C., um período em que a antiga Esmirna estava no seu auge de prosperidade sob o Império Romano.

    O diadema é um artefato extremamente raro e indica que o falecido era um membro da classe dominante.

    O assentamento no golfo de Esmirna remonta ao Neolítico, o que o torna um dos mais antigos do Mediterrâneo.

    Mais:

    De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo (FOTO, VÍDEO)
    Arqueólogos descobrem na Turquia igreja subterrânea do Império Bizantino (VÍDEO)
    Descoberta de ossos de 'gigante' do século III choca arqueólogos na Itália (FOTO)
    Tags:
    Mediterrâneo, arqueólogo, assentamento, artefatos, Diadema, sarcófago, Império Romano, Turquia, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar