21:41 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Descobertas arqueológicas feitas por um estudante norueguês aumentaram conhecimento sobre o comércio viking medieval, revelando o primeiro mercado no norte da Noruega e possivelmente novas rotas comerciais.

    Tor-Ketil Krokmyrdal, um estudante da Universidade Ártica da Noruega e entusiasta do detector de metais, encontrou numerosos objetos da Era Viking durante pesquisa para tese de mestrado.

    Krokmyrdal encontrou joias, pesos, prata usada para fazer pagamentos e grandes quantidades de ferro. Além disso, achou objetos que podem ter sido importados das Ilhas Britânicas, Finlândia e Europa continental, lançando uma nova luz sobre a história da Noruega medieval.

    Itens da Era Viking encontrados por um estudante norueguês, das Ilhas Britânicas, provavelmente da Irlanda
    Itens da Era Viking encontrados por um estudante norueguês

    As descobertas feitas na vila de Sandtorg, no município de Harstad, fazem dela o mais antigo lugar comercial conhecido no norte da Noruega. O pesquisador mostrou que as mercadorias eram trocadas em Sandtorg já no século IX, após encontrar artefatos com a ajuda de um detector de metais e realizar várias análises.

    "A descoberta significa que os pesquisadores no futuro pensarão duas vezes sobre como a sociedade e o comércio funcionaram nesta região na Era Viking e no início da Idade Média", disse a arqueóloga Marte Spangen à emissora nacional NRK.

    Krokmyrdal encontrou a descrição de um mercado ao redor de Sandtorg em um livro interpretando nomes de fazendas norueguesas e decidiu tentar a sorte apesar da falta de provas arqueológicas. O estudante buscou o local como hobby durante muitos anos e não ficou muito surpreso com as descobertas que fez.

    Itens da Era Viking encontrados por um estudante norueguês
    © Foto / Museu da Universidade Ártica da Noruega / Julie Holme Damman
    Itens da Era Viking encontrados por um estudante norueguês

    "A coisa mais exótica que encontrei foi uma decoração oriental usada em um cinto ou uma alça, que veio para os países nórdicos junto com moedas árabes", revelou Krokmyrdal.

    Os achados do estudante norueguês indicam que a troca de mercadorias em Sandtorg pode ter sido acompanhada por conserto ou construção de navios.

    Significado do trabalho

    A orientadora acadêmica de Krokmyrdal, Marte Spangen, está impressionada com o desempenho de seu aluno.

    "Hoje em dia é bastante incomum que alunos de mestrado façam seu próprio trabalho investigativo, e é ainda menos comum que os alunos produzam seu próprio material", afirmou.

    De acordo com a orientadora, as descobertas aumentarão a importância dos detectores de metais no trabalho de pesquisa.

    "As descobertas individuais de Krokmyrdal podem ser importantes para a forma como entendemos as diferentes redes de intercâmbio e, entre outras coisas, que tipo de trabalhos em ferro ocorreram no norte da Noruega", ressaltou Spangen.

    No futuro, Krokmyrdal planeja trabalhar em arqueologia em tempo integral, e pretende participar de escavações relacionadas à construção da rodovia Halogaland, na costa ocidental do país.

    Durante a Era Viking (793-1066), os guerreiros da atual Noruega empreenderam incursões, conquistas e comércio em larga escala em toda a Europa, estabelecendo-se na Islândia, Irlanda e Ilhas Britânicas, chegando até mesmo à América do Norte.

    Mais:

    Barco viking de 1.000 anos usado como caixão de rei e rainha será escavado na Noruega (FOTOS)
    Arqueólogos encontram flecha viking de 1.500 anos em geleira na Noruega (FOTO)
    'Casa dos Mortos' encontrada na Noruega pode desvendar novos segredos da Era Viking
    Tags:
    Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar