08:33 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Espécie de dinossauro da família Alvarezsauridae (terópodes), que viveu há aproximadamente 66 milhões de anos, no período Cretáceo, foi descoberta na formação geológica Hell Creek nos EUA.

    Denominado Trierarchuncus prairiensis, o dinossauro recém-descoberto pertence à família Alvarezsauridae, que engloba dinossauros que se alimentavam de insetos.

    Representantes desta família eram geralmente de tamanho pequeno, de um a três metros de comprimento. Além do mais, tinham patas dianteiras excepcionalmente curtas com enormes garras hipertrofiadas, patas traseiras bastante compridas, um longo focinho repleto de pequenos dentes e o corpo coberto de penas primitivas.

    ​Novo dinossauro: deem boas-vindas ao novo dinossauro Trierarchuncus prairiensis que significa "capitão gancho da pradaria". Este dinossauro de aparência insana foi o último membro da família Alvarezsauridae e viveu nos estados de Dakota do Norte e Montana no final do Cretáceo.

    Estas criaturas viviam principalmente na América do Sul e na Ásia, sendo menos conhecidas na América do Norte. Trierarchuncus prairiensis é a espécie mais nova da família Alvarezsauridae, tendo sido um dos últimos dinossauros a serem extintos durante a Extinção do Cretácio-Paleogeno, escreve portal Sci-News.

    Na formação geológica Hell Creek em Montana, foi descoberta uma garra que é a peça mais completa da referida família, expondo que as suas garras eram mais curvadas do que inicialmente considerado.

    Estas garras em forma de gancho seriam importantíssimas para cavar ou quebrar madeira podre em busca de insetos.

    Mais:

    Fóssil encontrado na Argentina muda a história dos dinossauros gigantes (FOTOS)
    Fóssil da era dos dinossauros, 'Galinha maravilha' traz revelação sobre aves modernas (FOTO)
    Raríssimo fóssil de dinossauro de pescoço comprido é achado pela 1ª vez na Austrália (FOTOS)
    Tags:
    garras, descoberta, fóssil, América do Norte, América do Sul, dinossauro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar