18:33 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    170
    Nos siga no

    Mais de 100 artefatos diferentes, que teriam sido usados em rituais fúnebres, foram encontrados em uma vila da Idade da Pedra na Jordânia.

    Aparentemente, os artefatos podem ser figuras de pessoas usadas em rituais fúnebres, entretanto alguns pesquisadores não estão convencidos de que estes objetos representem pessoas.

    Desde 2014, Juan José Ibáñez do Instituto de Pesquisa de Ciências Humanas Milá e seus colegas escavam um sítio na Jordânia, onde acabaram encontrando algumas figuras com forma humana feitas com sílex, que poderiam ajudar a compreender a revolução artística e cultural do Neolítico.

    As figuras com forma humana se tornaram comuns no início do Neolítico, há aproximadamente nove mil anos, mas seu significado ainda é desconhecido.

    As peças descobertas têm entre dois e cinco centímetros e forma alongada, datadas de aproximadamente dez mil anos, segundo a revista Antiquity.

    Supostas estatuetas da Idade da Pedra
    © Foto / Equipe arqueológica de Kharaysin
    Supostas estatuetas da Idade da Pedra

    Cientistas afirmam que esta é uma descoberta inédita devido ao material utilizado, que é geralmente usado na produção de instrumentos, já que todas as figuras encontradas anteriormente eram feitas de argila.

    "Eles fizeram dois entalhes de um lado, um provavelmente representando o pescoço e o outro o quadril", afirmou Ibáñez sobre a possibilidade de os objetos serem figuras humanas.

    Por sua vez, April Nowell, da Universidade de Vitória no Canadá, afirma que a hipótese é intrigante, "mas os humanos são muito bons em ver rostos em objetos naturais".

    É muito provável que os objetos sejam estatuetas, mas "eles podem não representar os seres humanos", afirma Allison Tripp do Colégio Chaffey, da Califórnia.

    Além disso, a equipe de Ibáñez acredita que as estatuetas tenham sido utilizadas como objetos simbólicos para representar as pessoas falecidas, e por isso eram descartadas no mesmo local onde eram usadas.

    Mais:

    Cemitério de crânios deformados revela caos após queda do Império Romano (FOTOS)
    Fósseis de crânios indicam intrigantes rituais macabros dos vikings
    Sepultamentos revelam interação entre culturas da Idade da Pedra (FOTOS)
    Tags:
    arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, Jordânia, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar