01:21 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Uma equipe internacional de cientistas encontrou dois planetas próximo da zona habitável de uma estrela que está localizada perto do nosso Sistema Solar.

    Ambos os planetas orbitam próximo da zona habitável de GJ 887 ou Gliese 887, uma estrela anã vermelha com aproximadamente metade da massa do Sol, localizada a 11 anos-luz.

    As superterras são planetas de massas superiores às da Terra, mas inferiores às dos gigantes de gelo, como Urano e Netuno. Os exoplanetas, ou planetas localizados fora do nosso Sistema Solar, foram apelidados de Gliese 887b e Gliese 887c.

    Os dois planetas com existência confirmada foram classificados como superterras, pois possuem entre quatro e sete vezes mais massa que o nosso planeta. Ambos foram detectados através do Buscador de Planetas em Velocidade Radial de Alta Precisão (Harpa, na sigla em inglês), instrumento do Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile.

    Ao contrário de outras anãs vermelhas, esta estrela tem pouco pontos estelares e é menos ativa, ou seja, os planetas recém-descobertos têm mais chances de reter sua atmosfera, tornando as condições de vida mais reais.

    "É a melhor estrela em proximidade com o Sol para entender se seus planetas possuem atmosfera e vida [...] O GJ 887 é emocionante, pois a estrela central é muito calma. Essa é a parte excepcional", afirmou a pesquisadora Sandra Jeffers à revista Nature.

    Além disso, o estudo indica que os pesquisadores também encontraram evidências de um possível terceiro planeta mais distante da estrela hospedeira, que possui uma órbita de aproximadamente 50 dias e pode ter uma temperatura superficial adequada à água líquida, e consequentemente, à vida.

    "Esses planetas fornecerão melhores possibilidade para estudos mais detalhados, incluindo a busca pela vida fora do nosso Sistema Solar", afirmou Jeffers.

    Mais:

    Proxima Centauri albergaria vida? Cientista explica que raios ultravioletas podem dar resposta
    NASA anuncia descoberta de exoplaneta que teria temperatura semelhante à Terra
    Estrela sobrevive a encontro com buraco negro, mas ficará presa por mais 1 trilhão de anos
    Tags:
    estudo, exoplaneta, planetas, anã vermelha, estrela anã, estrelas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar