19:10 26 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    270
    Nos siga no

    A Terra vai continuar vendo a chegada de mais corpos celestes potencialmente perigosos, inclusive cinco nesta semana, e outros mais perigosos em um futuro mais distante, relata a agência espacial.

    A Terra vai passar por cinco aproximações de asteroides medindo entre 14 e 55 metros de diâmetro, com quatro desses cinco asteroides sendo detectados apenas em maio, escreve a agência espacial NASA.

    Felizmente, nenhum desses corpos celestes se aproximará em mais que 1,4 bilhão de quilômetros, podendo até estarem a 6,6 bilhões de quilômetros de distância.

    Em 7 de junho, foi descoberto um asteroide que tinha "passado raspando" a Terra dois dias antes. O 2020 LD passou apenas a cerca de 300.000 quilômetros da Terra, e media 400 metros em diâmetro. Não seria mortífero para o nosso planeta, mas era maior que o asteroide de Chelyabinsk, que caiu na Sibéria em 2013.

    Em 13 de abril de 2029, o asteroide 99942 Apophis, de 340 metros de diâmetro, deverá passar ao lado dos satélites criados pelos humanos orbitando a Terra.

    Além disso, o asteroide Bennu, de 490 metros de diâmetro, se aproximará da Terra entre 2175 e 2199, tendo uma ligeira chance de atingir o planeta.

    O Sistema de Último Alerta Terrestre de Impacto de Asteroides (ATLAS, na sigla em inglês, sistema de rastreamento astronômico robótico para detectar corpos menores próximos à Terra) descobriu até agora 46 "asteroides potencialmente perigosos", cada um de pelo menos 140 metros de diâmetro.

    Mais:

    Luz solar consegue quebrar rochas no asteroide Bennu, revelam FOTOS de sonda da NASA
    Até sábado? Asteroide de diâmetro colossal se aproxima da Terra, adverte NASA (VÍDEO)
    Cientistas chineses sugerem nova forma de desviar asteroides, contrariando a NASA
    Alerta NASA: asteroide passará 'de raspão' pela Terra neste sábado
    Tags:
    NASA, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar