01:33 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Pesquisadores dizem que os asteroides também podem ter sido responsáveis pelo surgimento da vida em Marte, pois se crê que o planeta vermelho continha água há bilhões de anos.

    Um estudo de uma equipe de cientistas japoneses publicado na segunda-feira (8) na revista Scientific Reports afirma que a vida na Terra foi despoletada por antigos asteroides que colidiram com nosso planeta.

    A equipe chegou a esta conclusão simulando o impacto de um asteroide com a água, disparando ao mesmo tempo ferro, água, dióxido de carbono e nitrogênio usando um canhão propulsor de estágio único.

    "A descoberta da formação de aminoácidos a partir do dióxido de carbono e do nitrogênio molecular demonstra a importância da criação de blocos de construção de vida a partir desses compostos ubíquos", disse Yoshihiro Furukawa, da Universidade de Tohoku, Japão, um dos autores do estudo.

    Os cientistas dizem ter usado nitrogênio e gás carbônico, pois eram componentes principais da atmosfera da Terra nos primórdios do planeta. Os pesquisadores observam que os mesmos processos que ocorreram na Terra poderiam ter ocorrido em Marte, já que o planeta vermelho tinha grandes quantidades de água e o nitrogênio e o dióxido de carbono também eram componentes importantes da atmosfera marciana.

    "Futuras investigações revelarão mais sobre o papel que os meteoritos desempenharam para trazer biomoléculas mais complexas à Terra e a Marte", disse Yoshihiro Furukawa.

    Mais:

    Por que só Terra tem água? Novo estudo sugere
    Será que cataclismos possibilitaram surgimento da humanidade?
    Planeta misterioso: descubra fatos incríveis e desconhecidos sobre a Terra
    Asteroide mudou nosso clima há 2,2 bilhões de anos, segundo cientistas
    Tags:
    Japão, Universidade de Tohoku, Marte, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar