05:48 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1100
    Nos siga no

    Uma equipe internacional de astrônomos registrou pela segunda vez alguns curtos mas potentes sinais de rádio, que se presume serem emitidos ciclicamente em intervalos de 157 dias.

    Trata-se de uma rajada rápida de rádio (FRB, na sigla em inglês), registrada pela primeira vez em 2007.

    Anteriormente, acreditava-se que estes sinais seriam únicos. No entanto, a FRB 180916.J10158+56, registrada pelo telescópio CHIME no Canadá, surpreendeu os astrônomos ao se repetir a cada 16 dias.

    Os astrônomos decidiram então estudar 32 rajadas rápidas de rádio para descobrir o que havia por trás destes sinais. Eles estabeleceram que a rajada 121102 também possui uma periodicidade específica, embora 10 vezes maior que a FRB 180916.J10158+56.

    O estudo publicado pela Universidade de Manchester, concluiu que a FRB 121102 emite sinais durante 90 dias, tendo um período silencioso de 67 dias e repetindo-se a cada 157 dias.

    Os astrônomos consideram que esta descoberta é uma pista importante para estudar a origem dos misteriosos sinais provenientes do espaço.

    Além disso, os cientistas consideram que a sequência regular poderia estar relacionada com o movimento orbital de estrelas massivas, de uma estrela de nêutrons ou, inclusive, de um buraco negro.

    Mais:

    Astrônomos encontram misteriosas fontes de sinais espaciais em galáxias muito distantes
    Qual é o perigo de não colocar celulares em modo avião durante voos?
    Cientistas descobrem misteriosa e rara estrela morta
    Tags:
    telescópio, astrônomo, estudo, mistério, sinais, Espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar