07:22 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1210
    Nos siga no

    Arqueólogos ficaram surpresos ao descobrir restos de um "cemitério de navios perdidos", que forneceram uma intrigante visão da "história oculta" do Império Romano.

    A descoberta ocorreu nas ilhas gregas, da costa turca, onde ocorreu a Guerra de Troia, até a ilha de Ithaca, no oeste da Grécia.

    Os arqueólogos Bettany Hughes e George Koutsouflakis localizaram 58 naufrágios de 2.500 anos, que ajudam a esclarecer a dimensão do Império Romano, além de fornecer evidências dos perigos que os marinheiros do mundo antigo enfrentavam nos mares.

    Naufrágio (imagem referencial)
    © Foto / Pixabay / davecj1
    Naufrágio (imagem referencial)

    "A Guerra de Troia foi importante para o mundo, sendo considerada um dos grandes eventos mundiais que moldaram a humanidade com essa batalha épica entre troianos e gregos", afirmou Hughes ao tabloide Express.

    Segundo a arqueóloga, a descoberta do cemitério de navios revela as partes traiçoeiras do Mediterrâneo, ressaltando o encontro de um antigo naufrágio romano.

    "O nível de preservação é incrível, tendo pilhas de pratos inteiros em estado original, como se fosse uma loja [...] É realmente fascinante como nos mostra a rede de comércio que se estendia pelo Mediterrâneo, pelo mar Negro e pelo Oriente Médio", ressaltou.

    Mais:

    Aquecimento global poderia provocar naufrágios tipo Titanic na Antártica
    Tesouro espanhol é encontrado em naufrágio de 1715 na costa dos EUA (FOTOS)
    Naufrágio de barco no Amapá deixa mortos, feridos e desaparecidos
    Tags:
    Grécia, Império Romano, navio, naufrágio, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar