13:29 27 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 110
    Nos siga no

    Um arqueólogo descobriu um vaso de argila com dezenas de moedas de ouro do século XVI e princípio do século XVII.

    O tesouro, contendo 74 moedas de ouro, esteve enterrado durante vários séculos na Morávia, uma região histórica da República Tcheca.

    A moeda mais nova tem a imagem de Fernando II Habsburgo, que foi o imperador do Sacro Império Romano-Germânico durante boa parte da Guerra dos Trinta anos, uma série de conflitos armados travados pelas nações europeias a partir de 1618.

    Após a descoberta, o arqueólogo decidiu informar e entregar o tesouro, de origem desconhecida, ao museu local. Atualmente, as moedas foram transferidas à coleção do Museu da Morávia Sudeste em Zlín.

    "Pode ter sido propriedade de um residente local que o escondeu durante a Guerra dos Trinta Anos ou poderia pertencer a um dos soldados que nunca regressou", afirmou a arqueóloga do museu, Jana Langova.

    Por sua vez, o diretor do museu em Zlín, Pavel Grubets, destacou que a descoberta é uma das mais valiosas na região nas últimas décadas.

    Os arqueólogos do museu de Zlín e do Instituto de Conservação Arqueológica de Brno planejam realizar uma busca adicional no local onde a descoberta ocorreu para comprovar se não há outras moedas no local, bem como para documentar toda a área.

    Mais:

    Tesouro romano sem precedentes encontrado em Bali (FOTOS)
    Ilha misteriosamente desaparecida teria tesouro de piratas enterrado (FOTOS)
    'Novo tesouro' de 110 milhões de anos é encontrado no Brasil
    Tags:
    República Tcheca, arqueólogo, arqueologia, ouro, moedas, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar