13:21 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Com um bico finamente pontiagudo, o fragmento de forma peculiar é característico de um grupo de pterossauros chamado tapejaras, comumente encontrado no Brasil e na China.

    Foi descoberto no Reino Unido um fóssil de uma espécie de dinossauro normalmente encontrada somente no Brasil e na China, relata a emissora BBC.

    O osso maxilar fossilizado de um pterodátilo foi descoberto na baía Sandown, Ilha Wight, no Reino Unido. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Cretaceous Research.

    Fóssil do Wightia declivirostris, um pterossauro voador do Período Cretáceo
    Fóssil de um pterossauro voador do Período Cretáceo

    A mandíbula do espécime, identificada pela doutoranda Megan Jacobs da Universidade de Portsmouth, foi apelidada de Wightia declivirostris, carecia de dentes e está relacionada a um grupo de pterossauros conhecidos como tapejaras.

    Outro membro deste grupo foi encontrado por pesquisadores da instituição no Marrocos, norte da África, em 2019, e foi chamado de afrotapejara.

    "Apesar de ser apenas um fragmento de mandíbula, tem todas as características de uma mandíbula de tapejaras, incluindo numerosos buraquinhos que continham minúsculos órgãos sensoriais para a detecção de seus alimentos, e um bico de pontas finas e virado para baixo", disse a estudante de paleontologia.

    "Exemplos completos do Brasil e da China mostram que eles tinham grandes cristas de cabeça, com a crista às vezes sendo duas vezes maior do que o crânio. As cristas provavelmente eram usadas em exposição sexual e podem ter sido coloridas de forma brilhante."

    O professor David Martill, da Universidade de Portsmouth, disse: "Esta nova espécie aumenta a diversidade de dinossauros e outros répteis pré-históricos encontrados na ilha, que é hoje um dos lugares mais importantes para os dinossauros do Cretáceo no mundo."

    O fóssil da Ilha Wight acabou sendo doado ao Museu da Ilha dos Dinossauros em Sandown para futura exposição.

    Anteriormente, a Universidade de Portsmouth encontrou na Ilha Wight um fóssil de "superpterossauro" conhecido como Hatzegopteryx, que teria vivido na era Barremiana, de 125 milhões a 129 milhões de anos atrás.

    Mais:

    Tiranossauro e outros predadores do Jurássico eram canibais e carniceiros, revela estudo (FOTOS)
    Raríssimo fóssil de dinossauro de pescoço comprido é achado pela 1ª vez na Austrália (FOTOS)
    'Humano não duraria muito tempo': estudo revela local mais perigoso da história da Terra
    Tags:
    BBC, China, Brasil, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar