04:05 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Os furacões aumentaram significativamente de intensidade durante o período 1979-2017 e pesquisadores dos EUA dizem ser por causa do aquecimento global provocado pelos humanos.

    A probabilidade de formação de um furacão de grande intensidade aumentou 8% em cada década a nível global nos últimos 40 anos, de acordo com um estudo publicado na segunda-feira (18) na revista Proceedings of the National Academy of Sciences dos EUA.

    Cientistas norte-americanos analisaram os dados meteorológicos registrados entre 1979 e 2017, e verificaram que entre 1988 e 2007 em particular, a possibilidade de um furacão tropical atingir as categorias 3-5 na escala de Saffir-Simpson aumentou "de 0,27 a 0,31, que se traduz em um crescimento de aproximadamente 15%", e que é "uma tendência clara" a nível mundial.

    Variações entre regiões

    No entanto, os dados escondem várias dinâmicas de crescimento em diferentes partes do mundo.

    "As maiores mudanças estão no Atlântico Norte, onde a probabilidade de um grande furacão superar [a categoria] aumenta em 49% por década", comentou a equipe liderada por James Kossin.

    Segundo os cientistas, esse desenvolvimento na região é uma combinação de fatores internos, tais como as correntes marítimas a partir da zona meridional do Atlântico, e externos, naturais e antropogênicos, que incluem aerossóis minerais ou pó africano, atividade vulcânica e gases de efeito estufa.

    "Nos últimos 40 anos [e mais], o aquecimento antropogênico aumentou a temperatura da superfície do mar [...] em regiões propensas a ciclones tropicais e, em combinação com as mudanças nas condições atmosféricas, isso aumentou a intensidade potencial dos ciclones tropicais nessas regiões", disseram os cientistas.

    Os pesquisadores também encontraram fortes aumentos da intensidade dos furações no sul do oceano Índico, e pequenos aumentos no leste do Pacífico Norte e do Pacífico Sul. Além disso, observaram uma pequena tendência decrescente no norte do oceano Índico, mas dizem se basear em uma pequena amostra de dados.

    Mais:

    Blecaute atinge centenas de milhares no Canadá após furacão Dorian
    Céu nos EUA ganha cor peculiar após passagem do furacão Dorian (FOTOS, VÍDEO)
    Número de mortos pelo furacão Dorian sobe para 43 pessoas
    Tags:
    Atlântico Norte, Pacífico Sul, Pacífico, EUA, Atlântico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar