23:54 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 41
    Nos siga no

    Cientistas acreditam que o elafrossauro chegou a habitar dentro do círculo polar antártico durante o período Cretáceo compreendido entre 145 e 66 milhões de anos atrás.

    Um grupo de pesquisadores descobriu na Austrália a primeira evidência fóssil de uma espécie de dinossauro de pescoço longo.

    Este dinossauro bípede era omnívoro, ou seja, era predador, mas quando alcançava a idade adulta passava a ter uma dieta herbívora, de acordo com estudo recém-publicado na revista Gondwana Research.

    O fóssil de elafrossauro, desenterrado em 2015 durante escavações no estado australiano de Vitoria, corresponde a uma vértebra de cinco centímetros de comprimento. O fóssil acabou sendo exposto no Museu de Melbourne, tendo sido incialmente considerado um osso de um dinossauro voador.

    Somente alguns anos mais tarde, quando cientistas examinaram o osso detalhadamente, perceberam que na realidade o fóssil correspondia a um elafrossauro, segundo o jornal The Guardian.

    Pesquisador principal do estudo da Universidade de Tecnologia de Swinburne, Stephen Poropat, afirma que os Elaphrosaurus bambergi são "realmente raros", tendo somente apenas três espécies sido descobertas na Tanzânia, China e Argentina.

    "Este é o primeiro registro desta espécie na Austrália, e o segundo do período Cretáceo em todo o mundo. A beleza desta vértebra de pescoço é tão especial porque são muito raras em comparação com outros dinossauros", salientou Poropat.

    Tendo em conta que a Austrália há 110 milhões de anos se localizava mais ao sul, os pesquisadores acreditam que estes dinossauros viveram dentro do círculo polar antártico.

    Mais:

    Escuridão teria ocasionado extinção dos dinossauros há 66 milhões de anos, aponta estudo
    Primeiro dinossauro terrestre a ser capaz de nadar tem fóssil achado no Marrocos (FOTOS)
    Após extinção de dinossauros surgiram enormes anchovas com dentes-de-sabre (FOTO)
    Tags:
    espécies, Antártica, descoberta, fósseis, Austrália, dinossauro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar