14:15 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Um fóssil de 200 milhões de anos encontrado na costa britânica pode ser o mais antigo exemplo de uma lula atacando um peixe.

    A criatura em questão é uma espécie de cefalópode chamada Clarkeiteuthis montefiorei, um ancestral das lulas atuais. Aparentemente, o animal morreu ao abocanhar um peixe Dorsetichthys bechei, revela a publicação Newsweek.

    De acordo com pesquisadores, a posição do cefalópode, que envolve por completo o corpo do peixe, sugere que estava tentando se alimentar do animal marinho. Sendo um fóssil, ele possibilita uma rara evidência de um predador atacando sua presa em épocas tão distantes.

    Fóssil de predador pré-histórico atacando peixe
    Fóssil de predador pré-histórico atacando peixe

    O principal autor do estudo, publicado na revista Proceedings of the Geologists' Association, Malcolm Hart, professor emérito da Universidade de Plymouth (Reino Unido), descreve o espécime como "um fóssil muito raro senão extraordinário". Registros preservados de atividades predadoras como esta não são encontrados com frequência.

    "Este parece ser o primeiro exemplo de ataque predador de um lula a um peixe, e estava em coleções em Londres, depois Keyworth, desde 1870", comenta Hart à Newsweek, que descreve a descoberta como "fortuita". "Ver um evento rotineiro de 190 milhões de anos é fascinante".

    Hard considera que este pode ser o mais antigo espécime de seu tipo, datando do período Sinemuriano, entre 190 e 199 milhões de anos atrás.

    O fóssil em questão foi descoberto na costa jurássica no final do século XIX. A área - patrimônio mundial da UNESCO - é importante pelas relíquias da era Mesozóica (entre 250 e 65 milhões de anos atrás), contendo ossos de dinossauros, assim como fósseis de animais mamíferos e marinhos.

    Mais:

    Caçadora nata: cobra venenosa é flagrada capturando peixe na Austrália (VÍDEO)
    Primeiro dinossauro terrestre a ser capaz de nadar tem fóssil achado no Marrocos (FOTOS)
    Primeiro fóssil de sapo encontrado na Antártica tem 'parentes' no Chile
    Tags:
    animais marinhos, peixe, arqueologia, Reino Unido, fóssil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar