13:00 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    O astrofotógrafo norte-americano Andrew McCarthy divulgou uma das fotos mais claras e detalhadas da Lua, combinando numerosas imagens obtidas na chamada "zona crepuscular" ou "terminador lunar".

    Nessa linha que divide o lado iluminado do lado escuro do satélite natural, o Sol está mais próximo do horizonte, criando sombras maiores que dão à superfície lunar um aspecto tridimensional, fazendo com que as crateras sejam mais visíveis.

    Para capturar estas imagens, McCarthy passou duas semanas fotografando a Lua Cheia à medida que a quantidade de superfície lunar iluminada aumentava, e depois combinou as imagens em uma foto de espetacular detalhe que mostra todas as crateras e imperfeições visíveis da Lua.

    Ver essa foto no Instagram

    Uma publicação compartilhada por Andrew McCarthy (@cosmic_background) em

    "Esta Lua pode parecer um pouco estranha, e isso é porque é uma cena impossível. Das duas semanas de imagens da Lua Cheia, eu peguei a seção da imagem que tinha maior contraste (antes do terminador lunar onde as sombras são maiores), alinhei-as e misturei-as para mostrar a rica textura em toda a superfície", escreveu em seu perfil no Instagram.

    Mais:

    Quarentena com Sputnik Brasil: animações russas nos levam ao lado oculto da Lua
    'Acesso dos países aos recursos da Lua será estratégico', afirma especialista
    NASA planeja transformar cratera do lado oculto da Lua em radiotelescópio gigante (FOTO)
    Tags:
    espaço, fotógrafo, fotos, satélite, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar