04:06 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1190
    Nos siga no

    O Jardim do Éden, o Paraíso bíblico descrito no Gênesis, é considerado mitológico por muitos estudiosos, mas quem aceita sua veracidade tem adiantado vários lugares onde ele teria se situado.

    Tom Meyer, professor universitário especialista da Bíblia e conhecido como o Homem da Memória Bíblica por conseguir recitar de cor mais de 20 livros bíblicos, adiantou ao Express no 1º de maio que o segredo da localização poderia estar contido na Lista de Reis Sumérios, redigida em escrita cuneiforme.

    O artefato, para além da lista de reis, conta a história da antiga povoação mesopotâmica de Eridu, descrevendo-a como a primeira cidade jamais construída.

    Tom Meyer afirma na entrevista que o Jardim do Éden pode ter sido localizado em Eridu, em uma região no sul do atual Iraque.

    "O antigo local do Jardim do Éden – termo hebraico para 'deleite' ou 'prazer' – estima-se que esteja algures localizado em Eridu sob um aglomerado de tels", afirmou Meyer ao Express.

    Um tel, que em hebraico significa colina, morro ou monte, é um termo técnico usado em arqueologia para definir os sítios arqueológicos que resultam da acumulação de resíduos sobrepostos de sucessivas civilizações humanas, explicou o professor universitário.

    Placa de argila com inscrições em escrita cuneiforme suméria (imagem referencial)
    Placa de argila com inscrições em escrita cuneiforme suméria (imagem referencial)

    Outro argumento invocado por Meyer para apoiar sua teoria é a proximidade de Eridu de outras cidades mencionadas nos registros bíblicos.

    "A cidade bíblica de Ur, onde se situava a casa de Abraão, ficava a 19 quilômetros de Eridu. Erech, capital do famoso rei Ninrod, estava a 80 km de Eridu e a cidade da Babilônia construída por Ninrod localizava-se a 240 quilômetros a norte de Eridu", adiantou Meyer.

    A Lista de Reis Sumérios, igualmente conhecida por Lista Real Sumeriana, data da Idade Média do Bronze, entre 2.100 a.C. e 1.650 a.C. e está atualmente em exposição no Ashmolean Museum, em Oxford, no Reino Unido.

    Na tradição judaico-cristã, o Jardim do Éden corresponde ao Paraíso e ao local do episódio com Adão e Eva. Sua localização é descrita no Livro do Gênesis como sendo na confluência de quatro rios, o que, na busca pela sua localização, tem levado a privilegiar a zona do atual Iraque onde os rios Tigre e Eufrates desaguam no mar.

    Mais:

    Primeiro fóssil de sapo encontrado na Antártica tem 'parentes' no Chile
    Primeiro dinossauro terrestre a ser capaz de nadar tem fóssil achado no Marrocos (FOTOS)
    Arqueólogos descobrem no Egito caverna com pinturas rupestres inigualáveis (FOTOS)
    Tags:
    Idade de Bronze, Bíblia, Jardim do Éden
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar