03:43 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 91
    Nos siga no

    Rochas da categoria Apollo são consideradas as "intrusas" espaciais mais perigosas, levando o sistema de rastreamento da NASA a monitorar de perto seus movimentos.

    Um asteroide de quase 500 metros de diâmetro está atualmente voando em direção ao nosso planeta, e chegará particularmente perto no dia 7 de maio, revela o Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra (CNEOS, na sigla em inglês) da NASA.

    A rocha espacial tem o nome 2009 XO, ou 438908, e, de acordo com as estimativas da agência, depois de julgar a forma como reflete a luz, pode acabar não tendo mais de 210 metros de diâmetro.

    2009 XO é designado como um objeto "potencialmente perigoso" pela NASA, pois pertence à classe Apollo de asteroides, o que significa que sua órbita se cruza com a órbita do nosso planeta. O asteroide se moverá a uma velocidade de 12,7 quilômetros por segundo no começo do dia 7 de maio.

    Não se espera que se aproxime mais de aproximadamente 3.394 quilômetros de nosso planeta, mas ainda é considerado "próximo" e "potencialmente" perigoso pela agência espacial norte-americana.

    A rocha orbita o Sol a cada 926 dias, mas só se aproxima dele a uma distância de 127,5 milhões de quilômetros.

    Os asteroides Apollo geralmente passam a maior parte de sua vida fora da órbita de nosso planeta, ao contrário dos asteroides Aten, e alguns deles são cuidadosamente monitorados pela NASA devido ao seu estado "potencialmente perigoso", e também devido aos significativos danos regionais que podem causar no caso de uma colisão.

    Mais:

    Capturadas novas FOTOS de asteroide gigante de 'máscara' que se aproxima da Terra
    NASA divulga FOTO da superfície de asteroide Bennu em alta resolução
    VÍDEO mostra asteroide potencialmente perigoso para Terra
    Tags:
    Terra, NASA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar