11:31 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1110
    Nos siga no

    As supernovas perto do centro da nossa galáxia poderiam estar se explodindo tão fortemente que seus jatos de gás estariam levando-as para fora da Via Láctea, criando um diferente tipo de estrela.

    A Via Láctea está lançando estrelas do seu núcleo para os confins da galáxia a níveis de força estonteantes, concluíram cientistas da Universidade da Califórnia, Irvine, EUA.

    Segundo refere a equipe de pesquisadores na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, aglomerados de supernovas perto do coração da nossa galáxia estavam se explodindo tão fortemente que dispararam jatos de gás para fora da Via Láctea, que após se resfriarem formavam estrelas à saída, possuindo então órbitas que giram em contrário ao rodopio da galáxia.

    "Essas simulações numéricas altamente precisas nos mostraram que é provável que a Via Láctea tenha lançado estrelas no espaço circungaláctico em fluxos desencadeados por explosões de supernovas", disse o autor sênior James Bullock.

    "Elas [as estrelas] nos mostram que à medida que o centro da galáxia está girando, está se desenvolvendo uma bolha impulsionada pela resposta das supernovas, com estrelas se formando em sua borda. Parece que as estrelas estão sendo expulsas do centro", explicou o autor principal, Sijie Yu.

    Apesar de serem simulações, os pesquisadores acreditam haver evidências observacionais suficientes para a formação de estrelas extragalácticas, mais pesadas e ricas em metais, que, tal como o Sol, giram ao redor do centro da galáxia a uma velocidade e padrão previsíveis.

    O fenômeno pode ser responsável por 40% dessas estrelas auréolas, e 2% de todas as estrelas da Via Láctea.

    Ao contrário dessas, as estrelas metálicas foram observadas girando na direção oposta, resultado da imprevisibilidade dos seus menores ciclos de fusão. Estas estrelas elevam nossa compreensão atual da formação e evolução de um sistema estelar.

    Mais:

    Detectada rara e massiva explosão de acreção na Via Láctea
    Explosão no espaço pode criar estrela mais brilhante de nossa galáxia
    Descobrem a explosão mais violenta da Via Láctea que originou milhares de supernovas (VÍDEO)
    Tags:
    EUA, Universidade da Califórnia, Via Láctea
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar