19:07 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    352
    Nos siga no

    Há cerca de 4,5 bilhões de anos, um impacto cataclísmico criou a Lua a partir dos escombros da Terra recém-formada.

    Naquela época, de acordo com muitos geocientistas, o nosso planeta era um lugar bastante monótono, com lava escorrendo por vezes através de uma extensão global de crosta, e a criação das formações geológicas mais complexas ainda estava para vir.

    No entanto, de acordo com o novo modelo, a Lua acabada de se formar estava tão perto da Terra naquele tempo que isso teve um efeito muito estranho no nosso planeta.

    Há 4,5 bilhões de anos, a Lua estava 30 vezes mais perto da Terra do que está atualmente. Novos cálculos sugerem que esta proximidade teria perturbado o equilíbrio da dança orbital entre a Lua e a Terra.

    Por fim, isso levou com que a Terra começasse de girar tão rápido que o planeta teria sido esticado adquirindo um aspecto de algo entre uma bola de rúgbi e um disco duplo de frisbee.

    A Terra moldada desta forma estranha era um mundo de formação de montanhas espantosa e atividade vulcânica profunda, e este redemoinho geológico tinha potencial de fabricar todos os tipos de rochas e minerais complexos.

    "Nas primeiras dezenas de milhões de anos da história da Terra, todo o planeta se tornou em um lugar incrivelmente dinâmico", disse Simon Lock, cientista planetário do Instituto de Tecnologia da Califórnia e coautor da pesquisa. "Era um mundo muito diferente daquilo que as pessoas imaginavam."

    Pôr do Sol sobre a Terra
    Pôr do Sol sobre a Terra

    Embora o novo modelo ainda não tenha sido revisto por outros cientistas, vários especialistas pensam que o estudo tem bastante mérito. A ideia de que a Terra teve por um curto período de tempo o aspecto de uma batata pode parecer estranho, afirma Sara Russell, professora de ciências planetárias do Museu de História Natural em Londres. Mas é possível que a Lua recém-criada pudesse ter sido um dos primeiros engenheiros geológicos da Terra.

    A Terra e a Lua são inseparáveis na sua dança gravitacional e, segundo as leis da física, se uma delas mudar seu comportamento, o outro objeto também deve alterar o seu para manter o equilíbrio. Um ato de equilíbrio, conhecido como conservação do momento angular, significa que a Terra gira mais rápido quando a Lua está perto e mais lento quando está longe, escreve National Geographic.

    Pouco depois de o oceano de rocha derretida formar uma crosta simples, a Lua poderia ter estado a apenas 13.000 quilômetros, em comparação com os 384.000 da atualidade. A Terra estaria girando tão rápido que o dia poderia ter apenas 2,5 horas. O que deveria ter sido esférico deformou-se e passou a ser elíptico.

    "Nunca teria pensado que a Terra recém-formada pudesse ser tão plana", disse Robert Stern, especialista em placas tectônicas da Universidade do Texas em Dallas. Pode parecer meio esquisito, "mas faz sentido", opina Stern.

    Mais:

    Detectar e destruir: NASA anuncia plano para salvar Terra de asteroides enormes
    Cientista revela plano para desviar asteroide gigante que ameaça a Terra
    Homem morre durante voo de foguete para ver se a Terra era plana (VÍDEO)
    Tags:
    National Geographic, espaço, Sociedade da Terra Plana, terra plana, corpo celeste, planeta, Terra, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar