20:49 01 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 161
    Nos siga no

    Equipe de trabalhadores ferroviários, quando reparavam um deslizamento de terra perto de um túnel de estrada de ferro, descobriu uma pequena caverna que pode ser do século XIV.

    A gruta de arenito é composta por vários troços que vão de 0,3 a 0,7 metro de altura e foi descoberta durante trabalhos de estabilização de um talude perto de uma linha ferroviária, em Guildford, cidade do Condado de Surrey, no Reino Unido, informou em 6 de abril o portal Heritage Daily.

    Caverna do século XIV e desenhos descobertos durante obras de reparação de deslizamentos de terra perto de Guildford

    A gruta pode ter sido em tempos muito maior, mas apenas esta pequena parte sobreviveu à escavação do túnel da linha férrea que perfurou a colina no início da década de 1840.

    Chamado ao local, um arqueólogo especializado afirmou que se tratava de um santuário ou de um eremitério medieval associado à capela de Santa Catarina, do início do século XIV, cujas ruínas se situam em uma colina próxima. Pode mesmo ser um local de culto ainda mais antigo, devido ao nome da colina onde foi encontrado – Colina do Dragão.

    Foi revelada a presença de um nicho gótico decorado com pontos e com uma cruz de Calvário e outros sete ou oito outros nichos, tendo os peritos encontrado inscrições manuscritas e outras marcas ao longo de toda a caverna.

    A gruta está parcialmente coberta por depósitos de poeira negra, que pode ser fuligem das lamparinas. Vestígios de duas fogueiras suspeitas foram igualmente encontrados no chão da caverna.

    Mark Killick, diretor da companhia ferroviária Network Rail Wessex, afirmou ao portal ser "uma descoberta inesperada e fascinante que ajuda a retratar e compreender a rica história da região", garantindo que tudo será feito para preservar o achado.

    Para o arqueólogo Tony Howe, "a descoberta desta caverna é tremendamente excitante", ainda que falte muito trabalho para compreender todo o seu significado, afirmou ao portal.

    Serão feitos trabalhos de análise da fuligem e do carvão encontrados no interior da gruta, com o objetivo de obter dados como e quando a gruta teria sido utilizada.

    Mais:

    Enigma de pegadas de dinossauro de 200 milhões de anos é desvendado em bate-papo em mercado (FOTOS)
    Revelado animal que emigrou da África junto com humanos pré-históricos
    História do Homo erectus é reescrita graças a crânio achado na África do Sul (FOTOS)
    Tags:
    santuário, descoberta, caverna, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar