03:24 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    Stratolaunch Carrier, como é chamado o maior avião do mundo, será usado como plataforma de lançamento para veículos hipersônicos, o que poderá revolucionar a aviação.

    A Stratolaunch Systems, criada em 2011 pelo cofundador da Microsoft Paul Allen, estabeleceu um novo desígnio para seu gigante de 117 metros de comprimento, o Stratolaunch Carrier.

    Depois da morte de Paul Allen, em 2018, surgiram dúvidas sobre o futuro da empresa, mas sua maior criação levará às alturas veículos hipersônicos que de lá serão lançados.

    No site da empresa foi anunciado o objetivo de tornar o uso de tais veículos mais rotineiros.

    Talon-A

    Capaz de atingir velocidade Mach 6, o Talon-A aparece como o possível primeiro veículo hipersônico desenvolvido pela empresa para atingir seu objetivo.

    Seu comprimento é de 8,5 m, sua envergadura de asa é de 3,4 m e seu peso é de 2.722 kg.

    A aeronave poderá realizar voos hipersônicos de longa duração, assim como planar e pousar horizontalmente em uma pista de pouso convencional.

    Embora seja planejado seu lançamento a partir do Stratolaunch Carrier, o Talon-A, que está em fase de testes, também poderá decolar sozinho.

    Revolucionando a aviação

    Falando sobre as possíveis mudanças que o projeto deverá trazer, W. Jean Floyd, um dos executivos da empresa, escreveu:

    "Nossas plataformas de provas vão servir como catalizador para impulsionar o renascimento das tecnologias hipersônicas de nosso governo [dos EUA] e os setores comercial e acadêmico."

    Mais:

    Gigantes da indústria competem para desenvolver novíssima aeronave militar dos EUA
    Aeronave da Força Aérea do Paquistão cai em Islamabad (VÍDEO)
    Rússia tem motor de avião mais secreto do que bomba atômica, diz mídia chinesa
    Tags:
    avião hipersônico, velocidade hipersônica, Stratolaunch, avião, aeronave
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar