17:19 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Uma nova escavação arqueológica mudou a perspectiva que se tinha do primeiro assentamento viking em Dublin por ser muito maior do que se pensava.

    A notícia foi avançada pelo portal irlandês Rte.ie e refere que os trabalhos arqueológicos decorreram ao lado do castelo de Dublin, na zona conhecida por Dubh Linn, onde na confluência de dois dos vários rios da cidade existiu um porto viking de cargas e descargas.

    Nas escavações foram também postas a descoberto as mais antigas celas de polícia da cidade, datadas de 1830, e um local onde se infligiam castigos.

    Neste sítio foram encontrados restos mortais de um homem com a mão e os pés cortados, provavelmente supliciado por ter insultado um lorde ou rei, opinou o arqueólogo Alan Hayden da Universidade de Dublin, refere o portal.

    A escavação está a decorrer concretamente na rua Ship, no local onde se encontram as ruínas de uma das mais antigas igrejas da capital irlandesa, a de St. Michael le Pole, fundada no século VI.

    Segundo Alan Hayden, foram igualmente descobertos muros de uma antiga fazenda medieval e pedreiras que forneceram as pedras para construção do castelo de Dublin no século XII, refere o portal.

    Mas a descoberta mais importante foi a que o porto, onde os vikings se estabeleceram pela primeira vez, era muito maior do que se pensava originalmente, assim permitindo realmente acomodar até 200 navios, conforme relatos de então.

    O mais antigo assentamento Viking de Dublin visto sob uma nova perspectiva

    As escavações decorreram em um local onde será construído um edifício comercial de seis andares, sobre dois outros andares de um centro de convenções, que será simbolicamente denominado Dubh Linn.

    Os restos da igreja original de St. Michael le Pol serão visíveis através de uma tela a colocar em uma nova praça pública e telhas da igreja serão exibidas em uma área de spa.

    Mais:

    Crustáceo é contaminado por microplástico antes mesmo de ser descoberto (FOTO)
    'Rede social' de 500 milhões de anos é descoberta em um dos primeiros animais na Terra (FOTOS)
    Capital perdida de antigo reino maia é descoberta no México (FOTOS)
    Tags:
    Dublin, viking
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar