14:36 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    A NASA compartilhou uma imagem que a própria agência espacial descreveu como "notável" – uma fusão de duas tempestades.

    As duas manchas brancas ovais localizadas dentro da faixa cor de laranja do lado esquerdo são tempestades anticiclônicas, que giram no sentido anti-horário. A imagem foi captada em dezembro exibindo o momento em que uma delas engole a outra menor.

    A mancha branca com maiores dimensões tem sido monitorada pela NASA já há muito tempo, as medidas de suas proporções foram crescendo devido a fusões com outras tempestades anticiclônicas.
    Fusão de duas tempestades pode ser vista dentro da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
    Fusão de duas tempestades pode ser vista dentro da Grande Mancha Vermelha de Júpiter

    Graças ao gerador de imagens da sonda espacial Juno da NASA é possível ver esta fusão de tempestades, um processo que normalmente dura apenas alguns dias, escreve portal abc6.

    A fotografia foi captada a 72.200 quilômetros da camada superior das nuvens de Júpiter pela JunoCam e processada pela cidadã cientista Tanya Oleksuik, que aperfeiçoou as cores.

    Mais:

    NASA encontra novo buraco negro sem querer ao espiar asteroide Bennu (FOTO)
    Asteroide gigante se aproxima da Terra e cruzará sua órbita, diz NASA
    NASA contrata SpaceX para missão a asteroide que poderia tornar todo mundo bilionário
    Tags:
    sistema solar, ciclone, tempestade, NASA, sonda espacial, Júpiter
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar