13:36 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    311
    Nos siga no

    A forma como transmitimos e ouvimos o som é uma parte essencial de como nos envolvemos com o mundo que nos rodeia. Cientistas criaram um novo material inteligente que pode revolucionar a transmissão acústica.

    A descoberta, da autoria de pesquisadores da Universidade da Califórnia do Sul, foi publicada ontem (10) no portal Science News.

    Desde os fones de ouvido que usamos para ouvir música até a camuflagem sônica empregada nos submarinos, o som se processa através de metamateriais.

    Metamateriais acústicos são materiais projetados para controlar, direcionar e manipular ondas sonoras à medida que passam por diferentes meios.

    A dificuldade reside em os materiais atuais terem estruturas complexas demais, quase sempre de metal ou plástico, não podendo ser modificados depois de produzidos.

    Neste pormenor reside a importância da descoberta, feita por uma equipe liderada por Qiming Wang, que criou um novo material inteligente.

    Este material revolucionário foi inspirado nas propriedades duplas criadas pelos dentículos dérmicos na superfície da pele de um tubarão e contém nanopartículas magneticamente sensíveis que se dobram sob a força de estímulos magnéticos, permitindo diferentes e melhores condições de transmissão.

    O metamaterial acústico inventado é feito de borracha e uma mistura de nanopartículas de ferro. A borracha confere flexibilidade, e o ferro torna o material responsivo ao campo magnético.

    Diferentemente dos metamateriais acústicos tradicionais, nenhum contato direto ou pressão é necessário para alterar a arquitetura dos materiais.

    Wang e seus colegas demonstraram que o seu material inteligente poderia imitar três dispositivos eletrônicos principais: um comutador, um portão lógico e um diodo. A interação dos materiais magneticamente sensíveis com o campo magnético manipula a transmissão acústica de forma a criar funções como um circuito elétrico.

    Com os metamateriais acústicos tradicionais, você pode criar apenas um operador. Com esta inovação, é possível alterar as condições e ir mudando de operador.

    Wang e sua equipe estão testando por enquanto o seu material no ar, esperando a breve trecho testar as mesmas propriedades debaixo d'água, por terem o foco direcionado para a aplicação do invento em submarinos.

    Mais:

    Pescador é pego de surpresa por tubarão-martelo de 3 m nos EUA (VÍDEO)
    Conheça a sofisticada tecnologia da engenharia militar russa (FOTOS)
    Tecnologia permite transformar petróleo em diamantes
    Tags:
    tubarão, tubarões
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar