11:05 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    141
    Nos siga no

    Estudo comunica presença da proteína Hemolitina em meteorito, fundamentando hipótese de criação de estrutura orgânica no espaço.

    A novidade foi dada em um estudo publicado pela Universidade de Cornell, nos EUA.

    "Trata-se da primeira constatação de uma proteína em uma fonte extraterrestre", escreve-se no artigo.

    As proteínas são moléculas orgânicas compostas por aminoácidos, sendo estes essenciais às células biológicas, ou seja, à existência da vida tal como a conhecemos.

    Descoberta importante

    A importância desta fascinante descoberta reside no fato de ser provado desta forma que o espaço interestelar é capaz de criar as moléculas que levaram à vida na Terra, como carboidratos, lipídios, proteínas e ácidos nucleicos.

    A proteína recém-descoberta chama-se Hemolitina e contém ferro e lítio.

    Cientistas apuraram que as amostras, colhidas no meteorito Acfer 086, não possuíam origem terrestre, tanto mais que diferiam quimicamente das proteínas terrestres.

    O presente artigo ajuda a confirmar a hipótese já cientificamente formulada que impactos de meteoritos poderiam ter contribuído para a origem da vida na Terra.

    As teses que moléculas e outros compostos necessários para a vida poderiam ter origem cósmica ficaram assim reforçadas.

    Mais:

    Explosão de meteoro na Croácia é captada por câmera veicular (VÍDEO)
    Micróbios militarizados? Pentágono está criando bactérias para detectar explosivos no subsolo
    DNA de micróbio 'imortal' poderia guardar informações para alienígenas e humanos do futuro
    Tags:
    origem da vida, descoberta, espaço, meteorito, proteínas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar