04:32 14 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1170
    Nos siga no

    Várias aplicações maliciosas para o sistema Android tentam acessar contas do Google e Facebook de suas vítimas.

    A empresa de segurança cibernética Trend Micro descobriu nove aplicativos maliciosos destinados aos smartphones Android. Trata-se de soluções de melhoria de desempenho, "limpeza" de dados, VPN ou jogos. No total, estes aplicativos somam mais de 470.000 instalações.

    Os desenvolvedores introduziram vírus capazes de acessar contas do Facebook e Google para publicar falsos comentários positivos em nome dos usuários afetados e atrair novas vítimas.

    Aplicativos que instalam vírus

    Estes aplicativos convidam os usuários a permitir um acesso maior aos seus dados, autorizando, por exemplo, a desativação de mecanismos de segurança como Play Protect, o antivírus nativo do Google. Desta forma, torna-se possível instalar até três mil variações maliciosas.

    Esta é a lista completa dos aplicativos envolvidos: Shoot Clean-Junk Cleaner,Phone Booster,CPU Cooler

    • Super Clean Lite-Booster, Clean&CPU Cooler
    • Super Clean-Phone Booster,Junk Cleaner&CPU Cooler
    • Quick Games-H5 Game Center
    • H5 gamebox
    • Rocket Cleaner
    • Rocket Cleaner Lite
    • Speed Clean-Phone Booster,Junk Cleaner&App Manager
    • LinkWorldVPN

    A Trend Micro afirma em um comunicado de 6 de fevereiro que estas aplicações maliciosas foram retiradas da Play Store. A maioria teria retornado à loja de aplicativos do sistema Android com uma versão mais "limpa".

    Mais:

    Facebook traduz nome de Xi Jinping de maneira ofensiva e pede desculpa
    Fim do Android? Google está preparando atualização que pode dar golpe final a sistema
    'Adeus, Facebook': Wikipédia anuncia nova rede e garante que nunca venderá dados de usuários
    Tags:
    vírus, Android, celular, aplicativo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar