23:09 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    7250
    Nos siga no

    O rover Curiosity estabeleceu um novo recorde de inclinação ao analisar formações na superfície de Marte de um ângulo um tanto estranho.

    Rover da agência espacial norte-americana NASA tirou fotos ricas em detalhes graças à MAHLI, que é uma das 17 câmeras no veículo Curiosity. O rover fotografou formações geológicas bastante curiosas no Planeta Vermelho, que exibem pequenas protuberâncias em alta resolução.

    Dunas de areia de Marte
    Dunas de areia de Marte

    A capacidade da câmera MAHLI de ampliar e capturar detalhes dá a chance a cientistas de estudar minimamente minerais e formações na superfície do planeta vizinho. É como se fosse uma lupa, utensílio utilizado por geólogos na análise de rochas, escreve portal cnet.

    Um buraco ou uma cratera na superfície de Marte
    Um buraco ou uma cratera na superfície de Marte

    O que torna estas imagens ainda mais impressionantes é que, para poder capturá-las, o rover Curiosity ficou posicionado em um ângulo bastante íngreme.

    Um caranguejo entre rochedos em Marte
    © Foto / Nasa / JPL
    Um "caranguejo" entre rochedos em Marte

    De acordo com geóloga planetária da NASA, Abigail Fraeman, a inclinação do rover correspondeu a 26,9 graus, tendo em conta que o aparelho pode suportar inclinação de até 45 graus sem correr risco de virar.

    Vale destacar que o sistema de segurança do veículo está programado para evitar ultrapassar 30 graus de inclinação, informa NASA.

    Mais:

    Veja em VÍDEO 'golfinho' na superfície de Júpiter fotografado pela NASA
    NASA desliga telescópio que mostrava como funciona Universo após 16 anos de observações
    Tags:
    cratera, ciência, NASA, Curiosity, superfície, Marte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar