21:29 06 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    O Asclepeion (Santuário de Esculápio, deus da medicina) de Epidauro, localizado na península de Peloponeso, é um dos sítios arqueológicos mais visitados e importantes do mundo, e especialmente da Antiguidade grega.

    Nos dias de hoje o sítio deve grande parte da sua fama ao teatro, um verdadeiro fenômeno de acústica, no entanto na Antiguidade ele era mais conhecido como um dos principais santuários médicos do Mediterrâneo, aonde vinham pessoas de todos os lados para tentar curar suas doenças.

    Era um complexo espaçoso que incluía casas de hóspedes, um ginásio, um estádio e o famoso teatro. Além disso, havia lugares especiais para pessoas moribundas e mulheres grávidas, sendo que dentro do templo não se podia nascer nem morrer.

    A descoberta de um novo edifício no complexo sagrado dá uma nova visão do famoso santuário, sobretudo no que se refere aos primeiros anos desde sua criação, escreve Greek Reporter. 

    Santuário de Esculápio de Epidauro, Grécia
    Santuário de Esculápio de Epidauro, Grécia

    Trata-se de uma estrutura da era arcaica e cuja função ainda é desconhecida. Foi construída em um lugar adjacente aquele onde se encontra o Tholos, um edifício circular de mármore branco de dupla colunata no interior e dentro do qual se encontrava a fonte sagrada, considerada como trabalho de Policleto, o Jovem, escultor e arquiteto da Grécia Antiga, decorado com pinturas de Pausias e que está localizado próximo ao templo.

    A nova estrutura tem planta retangular com um espaço para sótão no piso inferior e mosaicos colocados em forma de peristilo. De acordo com as informações obtidas até agora no local da escavação, o edifício teria sido construído aproximadamente em 600 a.C.

    Mais:

    Misterioso crânio encontrado na Grécia pode dar reviravolta à história da humanidade (FOTOS)
    Destroços de navio romano de 2.000 anos são encontrados perto de ilha da Grécia (FOTOS)
    Tags:
    Mediterrâneo, antiguidade, sítio arqueológico, santuário, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar