12:29 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    194
    Nos siga no

    A imagem foi captada pelo Telescópio Solar Daniel K. Inouye, no Havaí, e demonstra o fenômeno chamado convecção.

    O Telescópio Solar Daniel K. Inouye, da Fundação Nacional de Ciência (NSF, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, localizado no topo de Haleakala, vulcão oriental da ilha Maui, foi capaz de registrar as imagens mais detalhadas até então da superfície do Sol, sendo apenas o começo da investigação sobre Sol e sobre o impacto da estrela na Terra.

    As imagens exibem uma área extensa da superfície da nossa estrela e podem fornecer detalhes importantes a cientistas quanto ao padrão do plasma turbulento "em estado fervente" que cobre todo o Sol.

    As estruturas em forma de células, cada uma do tamanho do estado do Texas, são como assinaturas de movimentos violentos que transportam o calor do interior até a superfície do Sol.

    O Telescópio Solar Inouye da NSF fornece imagens sem precedentes da superfície do Sol, porém no final irá medir a coroa solar sem a necessidade de eclipse solar total.

    O plasma solar quente sobe nos centros brilhantes das "células", esfria e logo afunda na superfície em faixas escuras, um processo conhecido como convecção, escreve Space.com

    "Agora podemos compartilhar estas imagens e vídeos, que são os mais detalhados do nosso Sol até agora. O Telescópio Solar Inouye poderá mapear os campos magnéticos dentro da coroa solar, lugar onde ocorrem erupções solares que podem afetar a vida na Terra.

    Telescópio irá melhorar o nosso conhecimento do que impulsiona o clima espacial e por fim ajudará cientistas a prever melhor as tempestades solares", disse France Córdova, diretor da Fundação Nacional de Ciência dos EUA.

    Mais:

    'Grande lacuna' é o quê e por que existe no Sistema Solar? Cientistas respondem
    Explosão de estrela 1.400 vezes maior que o Sol pode ocorrer a qualquer momento, segundo cientistas
    Tags:
    tempestade solar, cientistas, Sistema Solar, estrelas, telescópio, Sol
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar