13:55 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    284
    Nos siga no

    Atualmente os Estados Unidos não têm um aterro para resíduos nucleares do setor da defesa, sendo estes geralmente armazenados em recipientes metálicos e enterrados perto de usinas nucleares.

    O país poderia enfrentar o risco de contaminação nuclear devido aos métodos inapropriados de armazenamento de resíduos nucleares, revela um artigo recém-publicado no jornal Nature Materials.

    De acordo com pesquisador principal deste estudo, Xiaolei Guo, as técnicas hoje utilizadas são insuficientes para manter os resíduos armazenados em segurança, uma vez que os recipientes são rapidamente sujeitos à corrosão, elevando o risco de vazamento dos respectivos resíduos nucleares e posterior contaminação do solo, da água e do ar.

    A equipe de pesquisadores realizou um experimento em condições simuladas sob a montanha Yucca nos EUA, onde o depósito de resíduos deverá ser construído.

    Durante o experimento, os cientistas descobriram que os níveis de corrosão do aço inoxidável dos quais os recipientes são feitos eram 'graves' devido às reações químicas aceleradas pelos resíduos.

    ''No cenário real, os elementos de vidro ou de resíduos de cerâmica estariam em contato direto com os recipientes de aço, criando assim um ambiente superagressivo que pode corroer os recipientes", explicou Guo.

    Segundo cientistas, se o revestimento dos contêineres for danificado, o vazamento de materiais altamente radioativos poderia causar importantes danos ecológicos.

    Mais:

    'Pior que Chernobyl': usina de resíduos nucleares no Reino Unido espalha medo entre população
    Descoberta bactéria capaz de neutralizar resíduos nucleares
    Tags:
    desastre ambiental, contaminação, EUA, resíduos tóxicos, resíduos radioativos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar