15:27 27 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    343
    Nos siga no

    Cientistas a bordo do barco James Clark Ross, do British Antarctic Survey (BAS, na sigla em inglês), estão preocupados com a descoberta de centenas de pedaços de plástico em cada litro de água marinha da Antártica, segundo informa Sky News.

    "Existe muito mais plástico do que eu esperava ver", admitiu Tristyn Garza, da Universidade do Leste da Flórida, depois de ter bombeado amostras de água medidas a níveis diferentes de profundidade através de um filtro ultrafino e analisá-las em microscópio.

    A cientista explicou que se trata de centenas de pedaços por litro de água, uma descoberta que qualificou ser "muito triste", assegurando que "os lugares que estamos vendo são virgens e intactos".

    "O problema com o microplástico é que não está apenas onde vive muita gente", afirmou, por sua vez, Julian Blumenroeder, da Universidade de Heidelberg, na Alemanha, após achar um pedaço de plástico verde em uma rede de malha fina na baía Margarida – uma baía extensa no lado oeste da Antártica.
    Investigadores da Universidade de Chicago analisam gelo na Antártica
    Investigadores da Universidade de Chicago analisam gelo na Antártica

    "[O plástico] é espalhado pelas correntes do oceano global. Está em lugares remotos e virgens. Inclusive, pode ser encontrado aqui", relatou o cientista.

    Ecólogo marinho da BAS alertou que a quantidade de plástico no Atlântico Sul continua aumentando de forma exponencial, ressaltando que uma parte deste plástico está atravessando as fortes correntes marítimas que circulam ao redor da Antártica.

    "Esta é a última fronteira, o último lugar ao qual podemos ir onde os sistemas são naturais", advertiu Barnes, constatando que o plástico "está sendo despejado para a Antártica".

    Mais:

    Pesquisadores encontram fóssil de espécie 'colossal' extinta na Antártica
    Cientistas brasileiros pesquisam na Antártica consequências do aquecimento global
    Tags:
    ecologia, cientistas, Antártica, plástico, meio ambiente
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar