07:37 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    331
    Nos siga no

    Segundo previsões de cientistas holandeses, a Corrente do Atlântico Norte poderá alterar sua direção futuramente, o que causaria consequências catastróficas para a Europa.

    Cientistas da Universidade Groningen e da Universidade de Utrecht, nos Países Baixos, previram que a Corrente do Atlântico Norte, que é uma extensão da Corrente do Golfo, poderá mudar sua direção ao longo dos próximos anos, o que pode acarretar consequências catastróficas para a Europa, informa um comunicado de imprensa publicado no portal EurekAlert!.

    O aumento das precipitações e o derretimento das geleiras na Groenlândia como resultado do aquecimento global aumentam a quantidade de água doce nas camadas superiores do Atlântico Norte.

    O novo modelo mostra que, nos próximos mil anos, a acumulação de água doce, por si só, não irá reduzir completamente a zero a Corrente do Atlântico Norte, que leva águas quentes para as costas do norte da Europa e atenua o clima local.

    No entanto, uma perturbação temporária da corrente poderia ocorrer ao longo dos próximos 100 anos com uma probabilidade de 15%. Estas mudanças poderão provocar uma diminuição das temperaturas na região. Este cenário não considera a contribuição da água doce vinda do derretimento das geleiras do Ártico, que poderá agravar as previsões, conclui o comunicado.

    Mais:

    'Greve do Clima' é a palavra do ano, diz Dicionário Collins
    Asteroide mudou nosso clima há 2,2 bilhões de anos, segundo cientistas
    Cidades dos EUA podem vir a encarar clima terrível até 2080, alertam ecólogos
    Tags:
    catástrofe, Aquecimento global, clima, Europa, geleira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar