22:39 27 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    4130
    Nos siga no

    A estrela Betelgeuse, localizada a 600 anos-luz da Terra, é famosa por ser uma das mais brilhantes no céu, mas está mais fraca e isso intriga os astrônomos

    Em termos de tamanho, ela possui um diâmetro 1.400 vezes maior que o Sol, além de um volume um milhão de vezes maior.

    Ela também é famosa pelo fato de se saber que algum dia explodirá, o que a tornaria uma supernova, ficando visível durante o dia e possivelmente ofuscando a Lua durante a noite.

    Nas últimas semanas, a estrela tem enfraquecido de maneira considerável. Esse enfraquecimento incomum é notável até a olho nu e está provocando uma série de especulações na comunidade astronômica.

    ​A Betelgeuse está se tornando uma supernova? Ela perdeu brilho repentinamente e isso é visível até a olho nu.

    O diretor do Departamento de Física da Escola Uppingham, Reino Unido, David Boyce, escreveu que a diminuição repentina do brilho da estrela tem sido evidente.

    Além disso, ele sugere que a estrela pode estar a ponto de se converter em uma supernova, com a explosão produzindo "mais energia em apenas algumas horas que ao longo de seus milhões de anos de existência".

    Mas nem todos os especialistas concordam com estas conclusões, segundo a EarthSky.

    Medições realizadas por astrônomos demonstram que o brilho da gigante vermelha tem diferentes ciclos, de maior ou menor luminosidade. Nos mínimos de cada ciclo, a estrela pode se tornar bastante débil mas, depois, voltará a ficar mais luminosa.

    Por esse motivo, os especialistas acreditam que seja pouco provável que a Betelgeuse exploda nos próximos 100 mil anos, ou até mesmo daqui a um milhão de anos, segundo o portal EarthSky, que sugere que a mudança no brilho observado da estrela se deve a algum tipo de erupção de gás ou poeira.

    Mais:

    Vibrações em estrelas de nêutrons ajudam astrônomos a repensar idade da Via Láctea
    Cientistas descobrem buraco negro que alimenta estrelas em formação em vez de destruí-las
    Destruídas por extraterrestres? Astrônomos descobrem estrelas que aparecem e somem do Universo
    Tags:
    lua, Sol, explosão, explosão, estudos, estudo, Universo, estrelas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar