12:12 25 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    280
    Nos siga no

    Arqueólogos encontraram dois enormes túmulos reais da Idade de Bronze no sul da Grécia, com vários objetos de ouro.

    No sul da Grécia, na região do Peloponeso, foram descobertos dois colossais túmulos reais que datam de há cerca de 3.500 anos, anunciou o Ministério da Cultura grego na terça-feira (17). As escavações foram realizadas perto de um palácio na cidade de Pilos por dois arqueólogos da Universidade de Cincinnati, EUA.

    A descoberta remonta à civilização micênica, período das epopeias de Homero.

    Os túmulos característicos desse período se chamam "tolos" (edifícios circulares), com câmaras subterrâneas revestidas de pedras e cobertas por uma falsa cúpula de sacada. Estes túmulos eram muito divulgados nesta época e estavam reservados para a realeza.

    Túmulos forrados a ouro, descobertos por arqueólogos na Grécia
    Túmulos forrados a ouro, descobertos por arqueólogos na Grécia

    As pesquisas revelaram que as cúpulas foram cedendo ao longo dos anos, de modo que as câmaras estavam cheias de escombros. O maior dos túmulos tem um diâmetro de 12 metros e suas paredes possuem uma altura de 4,5 metros, menos de metade de sua altura original, enquanto o outro tem um diâmetro de 8,5 metros e apenas dois metros de altura.

    Entre os objetos funerários foram encontrados um anel e um amuleto, ambos feitos de ouro, representando uma antiga deusa egípcia, o que mostra as relações comerciais e culturais na Idade do Bronze.

    Joia de ouro representando a deusa egípcia Hathor, encontrada no túmulo de 3.500 anos, perto da cidade grega de Pilos
    Joia de ouro da deusa egípcia Hathor, encontrada no túmulo de 3.500 anos, perto da cidade grega de Pilos

    Os mesmos arqueólogos encontraram em 2015, em uma área próxima, o local de sepultamento de um guerreiro, onde foram achados diversos objetos de ouro e prata, joias e uma longa espada de bronze que se acredita terem pertencido a um dos primeiros reis de Pilos.

    Pingente de ouro representando a deusa egípcia Hathor, encontrado no túmulo de 3.500 anos, perto da cidade grega de Pilos
    © AP Photo / Greek Culture Ministry
    Pingente de ouro da deusa egípcia Hathor, encontrado no túmulo de 3.500 anos, perto da cidade grega de Pilos

    Esta descoberta, tal como as mais recentes, poderá lançar luz sobre as origens da civilização micênica, que antecedeu a civilização clássica grega.

    Mais:

    Arqueólogos ativam 'bomba de mau cheiro' após quebrar ovos de 1.700 anos (FOTO)
    Arqueólogos descobrem misteriosas pedras de 4.000 anos com formas humanas (FOTO)
    Arqueólogos encontram esfinge em excelentes condições no Egito (FOTOS)
    Tags:
    Idade de Bronze, arqueólogos, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar