14:58 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Um grupo de investigadores sugeriu que o fenômeno das estranhas pedras no lago seco de Racetrack Playa, localizado na Califórnia, EUA, que se movem por si próprias, já ocorria há 200 milhões de anos.

    As estranhas pedras deslizantes têm confundido os cientistas há muitos anos. Trata-se de um fenômeno geológico que ocorre no Vale da Morte, na Califórnia, EUA, onde as pedras, algumas com mais de 320 quilogramas, parecem se mover por si próprias, deixando longos sulcos na terra.

    Os cientistas analisaram um fóssil que faz parte de uma exposição no estado de Connecticut, onde foi encontrado, e está na coleção desde 1896, e chegaram a novas conclusões. As descobertas foram apresentadas em 9 de dezembro na reunião da União Geofísica dos EUA.

    Em 2017, o paleontólogo Paul Olsen, da Universidade de Columbia, Nova York, notou que nesta rocha sedimentar, que possui gravadas pegadas de um antecessor do brontossauros e até a textura de sua pele, tem conservado o que seria o rastro de uma pedra deslizante.

    Pedra com pegadas de dinossauro e o que se pensa ser o rastro de uma pedra deslizante
    © Foto / Universidade de Columbia / Lull, R.S., 1915
    Pedra com pegadas de dinossauro e o que se pensa ser o rastro de uma pedra deslizante

    Olsen e a sua equipe não puderam indicar se o rastro mostra o movimento de uma ou mais pedras. No entanto, afirmam que a pedra teria suficiente peso para deixar profundas marcas na antiga lama. Os investigadores consideraram que o descobrimento poderia provar a existência de um breve período gelado durante o Jurássico Inferior.

    As marcas do fóssil estão de acordo com a ideia, já relativamente consensual, de que as pedras se movem devido ao gelo que se forma em torno delas após um período de chuva no inverno. A chuva origina uma capa de água sobre o terreno seco, criando um lago superficial, que congela à noite. Ao se derreterem, as placas de gelo em torno das pedras se movem na água, criando um rastro na lama que endurece quando a água se evapora.

    Mais:

    Pintura figurativa mais antiga do mundo encontrada em caverna na Indonésia (VÍDEO)
    Rússia planeja criar base lunar operada por robôs para proteger Terra contra asteroides
    Cientistas refutam teoria sobre córtex visual que levou a Prêmio Nobel
    Tags:
    dinossauro, EUA, Califórnia, Vale da Morte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar