14:18 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 121
    Nos siga no

    Durante escavações arqueológicas, um grupo de pesquisadores descobriu uma pequena esfinge no sul do Cairo, no Egito.

    A escultura de calcário, medindo 35 centímetros de altura e 55 centímetros de comprimento, foi achada em meio a uma pesquisa na necrópole de Tunah Al Jabal, localizada na província egípcia de Minya, comunicou o Ministério das Antiguidades do Egito.

    O diretor-geral do ministério, Gamal El Samastaui, destacou as "características e detalhes nítidos e bonitos do rosto" que caracterizam a peça, demonstrando "a habilidade do antigo artista egípcio" que a esculpiu.

    A pesquisa e as escavações arqueológicas na área, segundo Samastaui, vão continuar até se descobrir como a estátua chegou a esta área "misteriosa".

    Durante os últimos três anos de escavações neste sítio arqueológico, foi encontrada uma série de múmias, além de vários cemitérios e catacumbas com muitos sarcófagos de pedra e de madeira. Os especialistas estimam que as múmias na área estejam em boas condições.

    A esfinge foi encontrada acompanhada por uma coleção de amuletos de cerâmica, vasos de barro de várias formas e tamanhos, e uma garrafa de alabastro, entre outros objetos.

    Mais:

    Seria esfinge real? Arqueólogos egípcios teriam encontrado provas de 'animal estranhíssimo'
    Evidência esquecida da Esfinge de Gizé poderia ser chave para achar câmaras escondidas
    Esfinge de Gizé pode apontar para tesouro da Grande Pirâmide, teoriza historiadora
    Tags:
    arqueologia, Esfinge, Cairo, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar