09:25 18 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    6155
    Nos siga no

    Um novo programa permitirá que as pessoas planejem ataques nucleares em todo o mundo e vejam as consequências de um hipotético desastre nuclear, informou a Motherboard.

    O desenvolvedor do Simulador de Guerra Nuclear, Ivan Stepanov, afirmou que o projeto pretende "conscientizar sobre os perigos que as armas nucleares representam para a nossa sociedade", observando que o programa, que começou como um videogame, estaria disponível em 2020.

    "É uma simulação e visualização interativa realista de conflitos nucleares com foco no impacto humanitário. Tecnicamente, não se trata de um jogo, uma vez que não existe qualquer objetivo nem qualquer recompensa por bombardear todo mundo", comenta o engenheiro alemão.

    "Em vez disso, é uma plataforma educacional interativa onde você tem a liberdade de configurar e reproduzir qualquer cenário de conflito que quiser", explicou.

    O simulador mostrará um modelo 3D interativo da Terra, onde você pode planejar um ataque nuclear, selecionar o ponto de lançamento e o alvo, personalizar a força da explosão e ver o número de vítimas instantâneas da explosão e vítimas posteriores que morrerão de contaminação radioativa.

    O programa também mostrará nuvens de fumaça maciças, enchendo a atmosfera após a explosão das ogivas.

    Mais:

    Risco de conflito nuclear hoje é maior do que na Guerra Fria, diz ex-chefe do Pentágono
    Irá a inteligência artificial sobre-humana acabar com a humanidade ou conduzir à imortalidade?
    Erros técnicos e falha humana: 3 momentos em que o mundo esteve à beira da guerra nuclear
    Tags:
    simulador, programa, desastre nuclear, guerra nuclear
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar