17:52 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Um supercomputador russo

    Um dos supercomputadores mais potentes do mundo será instalado na Itália

    © Sputnik / Alexandr Kryazhev
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    4150
    Nos siga no

    Um dos computadores mais potentes do mundo será instalado em Genova, no primeiro laboratório científico da rede criada pelo grupo Leonardo, segundo foi anunciado na cerimônia Leonardo Innovation Award 2019 (Prêmio Leonardo pela Inovação 2019).

    O supercomputador "estará completo em aproximadamente dez meses e estará operando até o final de 2020", explicou Roberto Cingolani à agência de notícias ANSA.

    Cingolani, diretor de tecnologia e inovação do grupo Leonardo, assegura que o supercomputador terá uma capacidade inicial de 10 a 20 petabytes, com a qual será um dos mais potentes do mundo.

    O grupo Leonardo, uma das maiores empresas industriais italianas, especializada na produção bélica, está desenvolvendo uma rede de incubadoras tecnológicas, cujo objetivo consiste em acelerar processos de digitalização.

    As principais áreas de pesquisa dos laboratórios serão os grandes arquivos de dados, o cálculo de alto rendimento, a inteligência artificial e sistemas autônomos, as tecnologias quânticas e a criptografia.

    Nos próximos cinco anos Leonardo espera atrair aos seus laboratórios jovens pesquisadores italianos e estrangeiros, criando uma comunidade interdisciplinar para desenvolver tecnologias e produtos do futuro.

    Mais:

    Rússia planeja desenvolver 30 tipos de armas usando supercomputadores
    Tecnologia impede ciência: astrônomos se irritam com satélites de Elon Musk
    Moeda digital chinesa irá desencadear corrida tecnológica, diz Banco Central da China
    Tags:
    Itália, Gênova, tecnologia, supercomputadores
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar