00:14 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    171
    Nos siga no

    A agência espacial NASA afirma que um enorme asteroide vai passar perto de nosso planeta no dia 25 de novembro à velocidade vertiginosa de cerca de 61.000 quilômetros por hora.

    A velocidade do asteroide gigantesco é 63 vezes superior à de um Boeing 737 e 25 vezes maior que a de um caça F-22 Raptor. A agência espacial informou que o corpo celeste, designado 2019 VF1 porque foi descoberto neste ano, vai contornar a Terra à 01h, horário de Brasília.

    A NASA categorizou este enorme asteroide como "objeto próximo da Terra" – ou seja, sua órbita passa nas proximidades de nosso planeta. No entanto, os cientistas indicam que o 2019 VF1 não representa qualquer perigo para a humanidade, uma vez que passa a uma distância 13 vezes maior que a distância entre a Terra e a Lua.

    Fragmento de asteroide, imagem da NASA
    © AP Photo / NASA
    Fragmento de asteroide, imagem da NASA

    Os asteroides se aproximam regularmente do nosso planeta e, às vezes, as agências espaciais falham de detectá-los. Outro "encontro" importante está previsto para o dia seguinte ao Natal. O 310442 (2000 CH59) tem o tamanho do maior edifício do mundo e é potencialmente perigoso porque sua órbita pode ocasionalmente intersectar com a da Terra.

    Nada pode impedir

    Em outro desenvolvimento, um instrutor e controlador de voo da NASA, Robert Frost, avisou que "nada" pode ser feito se um asteroide colossal estiver em rota de colisão com o nosso planeta. Frost disse que há duas opções para evitar que um asteroide atinja a Terra – destruí-lo ou desviar a sua trajetória.

    No entanto, a humanidade não é ainda capaz de realizar nenhuma das opções. O especialista adiciona que "qualquer ideia sobre como evitar esse evento são especulações e suposições".

    Mais:

    Alienígenas 'alertaram' o mundo sobre asteroide 'Deus do Caos', segundo ufólogo
    Asteroide do tamanho do que exterminou dinossauros poderia novamente impactar Terra
    Astrônomos avaliam perigo de asteroide que se aproxima da Terra
    Tags:
    planeta, Terra, Espaço, espaço, asteroide
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar