19:47 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Superfície do Planeta Vermelho, Marte

    Entomólogo dos EUA acredita ter identificado fósseis de insetos em Marte (FOTO)

    © flickr.com / Patrick Vantuyne
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    3130
    Nos siga no

    O entomólogo William Romoser, professor emérito da Universidade de Ohio (EUA), analisou fotos captadas por rovers da NASA em Marte e afirma ter achado nelas fósseis de insetos.

    Romoser analisou detalhadamente estruturas parecidas a abelhas, bem como formas que, na opinião dele, são similares a répteis, tanto fósseis como criaturas vivas. O professor apresentou as suas descobertas na terça-feira (19) durante encontro nacional da Sociedade Entomológica da América, no estado norte-americano de Missouri.

    "Existiu e continua existindo vida em Marte", assegurou o entomólogo, notando que as imagens parecem mostrar criaturas fossilizadas e outras vivas. "Existe uma aparente diversidade entre a fauna marciana e tipo de inseto que exibe muitas caraterísticas semelhantes a insetos terrestres, que são considerados grupos avançados por terem asas, flexão de asas e elementos de patas de estrutura variada", detalhou em um comunicado da Universidade de Ohio.

    O professor de entomologia afirmou que, embora os rovers marcianos, particularmente o Curiosity, tenham procurado indicadores de atividade orgânica, existe uma série de fotos que claramente mostram formas muito parecidas a insetos e répteis, aponta portal Science Alert.

    Professor emérito e entomólogo William Romoser, da Universidade de Ohio, exibe evidências fotográficas de vida em Marte.

    Em muitas imagens dá para ver e identificar segmentos do corpo de artrópodes, junto com patas, antenas e azas em zona próxima, acrescentou.

    Fotos individuais foram cuidadosamente analisadas com mudança de brilho, contraste, saturação e de outras ferramentas.

    "Um exoesqueleto e apêndices articulados são suficientes para efetuar a identificação de um artrópode. Três regiões do corpo, um par de antenas e seis patas são normalmente suficientes para estabelecer a identificação como inseto na Terra. Estas características também devem ser válidas para identificar um organismo como um inseto em Marte", afirma cientista.

    Romoser destacou ainda que as apresentações de criaturas parecidas a insetos e répteis podem mudar no futuro à medida que evolui o conhecimento de vida em Marte, mas o grande volume de evidência é convincente.

    Mais:

    Cientista da NASA revela possível localização de vida extraterreste em Marte
    Rover da NASA captura FOTOS de uma incrível paisagem rochosa de Marte
    Oxigênio descoberto em Marte intriga cientistas da NASA
    Tags:
    Curiosity, pesquisa, réptil, fósseis, insetos, Marte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar