10:21 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Limpeza de dinossauro

    Pesquisadores descobrem o que ajudou dinossauros a suportarem o frio extremo

    © AP Photo / Mary Altaffer
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    170
    Nos siga no

    A vida dos dinossauros nas zonas polares do antigo continente Gondwana não era nada fácil, porque tinham que suportar um frio intenso durante as noites de inverno. Uma equipe internacional de pesquisadores acredita que era a plumagem que os ajudava a conservar o calor.

    Pesquisadores da Eslovênia, Suécia, Austrália e Estados Unidos analisaram fósseis de dinossauros e de algumas aves aladas em Koonwarra, no estado de Vitória, na Austrália. Trata-se de dez exemplares com aproximadamente 118 milhões de anos, que oferecem aos cientistas provas sólidas de que o corpo destes seres estava coberto de plumas.

    Os microscópios e espetroscópios permitiram aos pesquisadores captar com precisão os detalhes da anatomia dos dinossauros.

    "As protoplumas podem ter servido para proteção térmica aos dinossauros. O descobrimento de protoplumas em Koowarra sugere que foi a plumagem dos pequenos dinossauros que os ajudou a conservar calor em habitats polares", apontou o principal autor da pesquisa, Marin Kundrá, da Universidade Pavol Jozef Safarik (Eslováquia).

    Para compreender melhor as condições nas quais estes dinossauros tiveram que viver é necessário retroceder milhões de anos no tempo, quando na Terra existia somente o continente Gondwana. O centro desta massa terrestre está localizado aproximadamente no atual polo sul do planeta.

    Naqueles tempos, o clima era mais quente e o ecossistema era rico em flora e fauna. Os polos deste continente registravam longos períodos de luz solar no verão, que sumiam na escuridão absoluta durante o inverno. Por este motivo, todos os seres vivos tinham que se acostumar de uma maneira ou outra a viver em condições extremas durante os frios crepúsculos.

    Com esta descoberta, os pesquisadores esperam acrescentar mais uma peça ao quebra-cabeça da evolução dos dinossauros. Além do mais, os paleontólogos descobriram pigmentos de melanina naqueles fósseis, o que sugere que os dinossauros de Gondwana eram escuros para poder absorver o calor.

    Mais:

    Fósseis de nova espécie de dinossauro são encontrados na Tailândia
    Novos fósseis revelam como vida ressurgiu após extinção dos dinossauros (FOTO)
    'Crocodilo' de 10 metros era terror dos dinossauros há 210 milhões de anos
    Tags:
    fóssil, pesquisa científica, dinossauro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar