17:22 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presas gigantes e ossos de mamute em Tultepek, México, 6 de novembro de 2019

    Descoberta 1ª armadilha para caçar mamutes há 15 mil anos no México (FOTOS)

    © AFP 2019 / HO / INAH / AFP
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Durante uma escavação em um terreno destinado a ser usado como lixão, pesquisadores descobriram armadilhas antigas para caçar mamutes-lanosos ao norte da Cidade do México.

    De acordo com antropólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História do México, os fossos construídos pelo homem no município mexicano de Tultepec, contendo ossos de pelo menos 14 mamutes-lanosos, foram escavados há uns 15 mil anos como forma de permitir que caçadores perseguissem os animais em uma armadilha.

    Cada armadilha desenterrada tem 1,8 metro de profundidade e 22 de diâmetro. Alguns dos ossos mostraram evidências de que as carcaças foram esquartejadas, indicando que o local pode ter sido uma armadilha gigantesca montada por humanos.

    Segundo o The Daily Mail, também foram descobertos durante as escavações restos de duas outras espécies que se extinguiram nas Américas há muito tempo – um cavalo e um camelo.

    Presa gigante e ossos de mamute em Tultepek, México, 6 de novembro de 2019
    © AFP 2019 / HO / INAH / AFP
    Presa gigante e ossos de mamute em Tultepek, México, 6 de novembro de 2019

    "Os mamutes viveram aqui por milhares de anos. As manadas cresceram, se reproduziram, morreram, foram caçadas [...] viviam ao lado de outras espécies, incluindo cavalos e camelos", destacou o arqueólogo Luis Córdoba a jornalistas.

    Ossos de mamute em Tultepek, ao norte da Cidade do México, 6 de novembro de 2019
    © AFP 2019 / HO / INAH / AFP
    Ossos de mamute em Tultepek, ao norte da Cidade do México, 6 de novembro de 2019

    De acordo com a teoria científica geral, o mamute-lanoso habitou vastos territórios da Europa moderna, Sibéria e algumas partes da América do Norte até cerca de 4.000 anos atrás. Esses animais podiam medir até 3,5 metros de altura e suas presas cresciam até 5 metros de comprimento.

    Ossos de mamute encontrados em Tultepek, no México, em 6 de novembro de 2019
    © AFP 2019 / HO / INAH / AFP
    Ossos de mamute encontrados em Tultepek, no México, em 6 de novembro de 2019

    Os pesquisadores sugerem que a tática comum de caça ao mamute envolvia um grupo de cerca de 20 a 30 pessoas armadas com lanças e chamas em torno de um rebanho de mamutes.

    Depois que um ou dois membros da espécie eram separados do rebanho, caçadores os perseguiam até a armadilha e matavam o animal com pedras afiadas e paus.

    Antropólogos acreditam que caçadores antigos usaram as armadilhas por um período de pelo menos 500 anos.

    Mais:

    Esqueleto de mamute é achado com tecido mole na Rússia
    Último dos mamutes-lanosos: determinado local de extinção do gigante pré-histórico
    Garoto encontra dente gigante de mamute de mais de 12 mil anos (FOTOS)
    Tags:
    caça, armadilha, mamute, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar