15:48 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Galáxia ESO 243-49 e o buraco negro HLX-1

    O que aconteceria se Terra fosse engolida por um buraco negro?

    © Foto/ NASA; ESA; and S. Farrell, Instituto de Astronomia da Universidade de Sidney
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    480
    Nos siga no

    Apesar de as chances de a Terra ser engolida por um buraco negro serem quase inexistentes, um estudante de física desenvolveu uma calculadora que pode simular todos os tipos de colisões.

    O estudante de física da Universidade de Varsóvia, na Polônia, Álvaro Díez, desenvolveu a Calculadora de Colisão de Buracos Negros, que pode simular todos os tipos de colisões, comportamento dos buracos negros, além das informações sobre a natureza, segundo o portal Space.com.

    Segundo a calculadora, se a Terra fosse engolida por um buraco negro, seriam liberados 32.204.195.564.497.649.676.480.000.000.000.000 megajoules de energia, ou seja, 54 quintilhões de vezes de todo o consumo anual de energia da humanidade.

    Buraco negro supermassivo
    ESO/L. Calçada
    Buraco negro supermassivo

    A calculadora ainda permite escolher não apenas os efeitos da colisão da Terra com um buraco negro, como também estimar as colisões com outros objetos massivos, incluindo estrelas.

    Um exemplo disso, se calcularmos a colisão entre dois buracos negros, cada um contendo aproximadamente 30 massas solares, isso produziria um único buraco negro de 59 massas solares, com um horizonte de eventos de 174,6 quilômetros de largura.

    Vale destacar que as chances de a Terra ser devorada por um buraco negro são quase inexistentes, sendo que as possibilidades disso ocorrer seriam em caso de haver uma colisão entre a Via Láctea e a galáxia de Andrômeda, prevista para ocorrer daqui a quatro bilhões de anos.

    Mais:

    Há um lugar na Terra onde vida é impossível apesar da presença de água (FOTOS)
    Asteroide gigante se aproxima da Terra causando ameaça potencial para fim de 2019
    Rota da Seda espacial? China pretende criar zona econômica entre Terra e Lua até 2050
    Tags:
    risco de colisão, colisão, universidade, físico, buraco negro, terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar