08:24 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O blob, um fungo viscoso (Physarum polycephalum), um organismo unicelular formado sobre um pedaço de árvore, é exibido no Jardim Zoológico de Paris durante uma pré-apresentação à imprensa em Paris, França, 16 de outubro de 2019.

    Сriatura misteriosa com 720 gêneros é apresentada no Zoo de Paris (FOTOS)

    © REUTERS / Benoit Tessier
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    180
    Nos siga no

    O organismo, que é quase imortal, pode atingir 10 metros, surgiu há 500 milhões de anos e é capaz de detectar e digerir alimentos.

    O Zoológico de Paris exibe desde esta quarta-feira um enigmático organismo unicelular cultivado em laboratório que parece um fungo, mas que interage como um animal. Apelidada de "blob", a criatura é amarela, tem 720 gêneros e é capaz de autorregeneração, relata a agência francesa AFP.

    O organismo misterioso não tem boca, nem cérebro, nem estômago, nem olhos, embora possa detectar comida e digeri-la. Além disso, ele se regenera em dois minutos se for cortado ao meio.

    ​Você o encontrou na floresta, ou em sua adega, sem saber o que era: o blob, uma curiosidade biológica composta por uma única célula, mas capaz de comportamentos complexos. Agora ele chegou ao Jardim Zoológico de Paris.

    A criatura integra uma nova exposição no Zoológico de Paris, aberta ao público desde sábado (12). "É um dos mistérios da natureza", afirma Bruno David, diretor do Museu de História Natural de Paris, que inclui o Zoológico de Paris.

    Zoológico de Paris revela o "blob", um organismo sem cérebro mas com 720 sexos.

    "Não está claro onde colocá-lo na árvore da vida", acrescenta ironicamente se referindo ao organismo , que surgiu há 500 milhões de anos.

    Durante muito tempo foi considerado um fungo, antes de ser retirado deste reino para se juntar, na década de 1990, à subclasse dos amebozoários, que inclui as amebas.

    ​Daqui a uma semana, você pode descobrir uma nova espécie no Zoológico de Paris: o blob! Este ser unicelular não deixará de surpreender você. Veja abaixo para saber mais...

    A criatura pode atingir até 10 metros em laboratório, e também tem capacidade de se subdividir. Ela também pode morrer de muitas maneiras, e pode ainda permanecer inativa, em estado seco. "Neste estado é quase imortal. Você pode até colocá-lo no micro-ondas por alguns minutos!", diz Audrey Dussutour, um dos pesquisadores.

    ​O Physarum polycephalum, também conhecido como blob, é um ser unicelular absolutamente fascinante! Descubra-o daqui a uma hora na França, na mídia France Bleu e a partir de 19 de outubro no Zoológico de Paris

    O nome "blob" vem de um filme de terror de ficção científica de 1958, protagonizado pelo jovem Steve McQueen, no qual uma forma de vida desconhecida consome tudo o que encontra em uma pequena cidade da Pensilvânia, EUA. No entanto, o "blob" real é completamente inofensivo.

    Mais:

    Incrível descoberta sobre dentes de piranha impressiona cientistas (FOTOS)
    Tigre-da-tasmânia regressa da extinção? Avisos surgem da 'aparição' do animal misterioso
    'Gangue' de polvos é flagrada comendo baleia no Pacífico (VÍDEO)
    Tags:
    microrganismos, criatura, Paris, jardim zoológico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar